Exercício Aratu II – Preparando para o CORE 21

Militares do 6° Batalhão de Infantaria Leve (6º BIL) realizaram, no período de 28 a 30 de julho, um adestramento denominado Exercício Aratu II. A atividade serviu para aprimorar o preparo individual do combatente aeromóvel em suas técnicas, táticas e procedimentos para um quadro de defesa externa.

O objetivo do Exercício Aratu II foi intensificar o adestramento dos militares do 6º BIL para o exercício combinado com o Exército dos Estados Unidos (US Army), denominado CORE “Combined Operations and Rotation Exercises”, que será realizada no período de 28 de novembro a 18 de dezembro no campo de instrução da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), onde o 6º BIL integrará a 12ª Brigada de Infantaria Leve Aeromóvel (12ª Bda Inf  L Amv).

Durante a atividade, que seguiu o cronograma de preparação da Brigada Aeromóvel para o Exercício CORE, foram realizadas instruções de emissão de ordens, progressão individual sob vistas e fogos do inimigo com emprego de paintball, infiltração tática e ataque coordenado à posição inimiga e tiro com armamento de emprego individual e coletivo.

O adestramento permitiu, também, desenvolver atributos fundamentais para o militar, tais como iniciativa, coragem, reflexo, tenacidade e resistência física.

Fonte: 6º BIL
Fotos:  sd Simplicio

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

A Comissão do Exército Brasileiro em Washington (CEBW) publicou, na última sexta-feira, dia 19 de abril, um pedido de cotação...

O crescimento da Base Industrial de Defesa e Segurança Pública (BIDS) torna esse setor ainda mais estratégico e relevante para...

Em comemoração a semana do Exército, o Comando Militar do Sudeste (CMSE) está organizando uma série de eventos na Capital Paulista,...

O Ministério da Defesa (MinDef), por meio da Secretaria de Produtos de Defesa (SeProD), acompanhou, entre os dias 15 a...

Comentários

Uma resposta

  1. Pensei que o EB já tinha substituído o FAP pela Fn minimi? Tem alguma novidade do projeto cobra Bastos? Tem alguma informação Bastos se o EB tem interesse no míssil anti-tanque Spike? Recentemente vir uma matéria de um militar do Centro de Instrução de Blindados do Exército Brasileiro (CI Bld),tinha concluiu com aproveitamento o Curso de Operação e Emprego Tático do Sistema de Armas Anticarro spike.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL