Escola de Artilharia de Costa e Antiaérea recebe Roland 2 para preservação

No dia 26 de agosto de 2020, a Escola de Artilharia de Costa e Antiaérea (EsACosAAe) recebeu, do Centro Tecnológico do Exército (CTEx), um exemplar da Viatura Blindada de Combate Lança-mísseis (VBC L Msl) do sistema de defesa antiaérea Roland 2, que ficará, a partir de agora, exposto no seu acervo a céu aberto.

O Roland é um míssil superfície-ar projetado nos anos 60 pelo consórcio franco alemão Euromissile. Possuía uma velocidade de mach 1.6, um alcance operacional de 8.000 m e uma altitude de voo de 5.500 m, usava guiagem por radar e sua ogiva era composta uma carga explosiva de 6,5 kg pré-fragmentada.

Foi utilizado por doze países, incluindo Estados Unidos, Argentina e Venezuela. O Exército Brasileiro adquiriu uma bateria, composta por quatro lançadores sobre o chassi do blindado alemão Marder, em 1977, e a utilizou até a década de 90.

A operação de transporte do blindado contou com o apoio das Seções de Manutenção da EsACosAAe e do CTEx e de uma prancha do Estabelecimento Central de Transporte (ECT). As equipes de manutenção trabalharam previamente a parte mecânica do carro e garantiram o seu funcionamento durante a operação.

Além do exemplar da EsACosAAe, existe outro preservado no Museu Militar Conde de Linhares.

O SOL É O CZA!

 

Fonte: EsACosAAe

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

Durante a Eurosatory 2024, que esta ocorrendo no Centro de exposições Paris-Nord Villepinte, localizado nos arredores de Paris, a empresa...

Variante com uma nova torre é  apresentada na feira de Paris A BAE Systems está apresentando o CV90MkIV com uma...

Na quarta-feira (12), o mercado de defesa se agitou com a notícia divulgada pelo portal britânico Janes de que o...

A AVIBRAS Indústria Aeroespacial S/A, que em tempos passados foi considerada uma das maiores empresas  de defesa do mundo, mas...

Comentários

3 respostas

  1. Lamentável o estado de conservação desta VBC L Msl Roland 2, mas acredito que será melhor preservada na EsACosAAe, mesmo que exposto ao tempo, pois merece por tudo que representou na ativa.

  2. Paulo, este exemplar ficava na Marambaia ? Que bom que agora ele será preservado, diferente de oytos Marders que foram utilizados como alvos !

  3. Uma evolução nos mísseis, radar diretor e plataforma de transporte ( quem sabe os M-113BR ou Guaraní 8×8) seria muito bem vinda.
    Uma engenharia reversa nos mísseis, ou mesmo uma versão solo Ar do A-darter ou MAA-1B ,somado com uma versão moderna do EDT fila ou Saber-M60 mod2 geraria um ótimo incremento na capacidade de defesa AAe nacional.
    As oportunidades que perdermos, seja por falta de visão, incentivo ou vai saber o que !

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL