Entregues os primeiros Guarani para as Filipinas

7
3983

Na manhã de 28 de junho, na fábrica da IDV LATAM (Iveco Defence Vehicles Latin America), localizada na cidade de Sete Lagoas (MG), ocorreu a cerimônia de recebimento das cinco primeiras viaturas blindadas de transporte de pessoal 6X6 Guarani pelo Exército das Filipinas.

Este lote faz parte de uma encomenda de 28 unidades, feita em 2020, sendo que os restantes das entregas estão previstas para ocorrer em 2023  e 2024, com 10 e 13 viaturas, respectivamente. Os cinco exemplares entregues devem ser embarcados para as Filipinas nas próximas semanas, onde serão integrados aos sistemas de armas remotamente controladas (SARC), sistemas de gerenciamento de batalha TORCH-X TM e rádios definidos por software E-LynX TM, todos da Elbit Systems.

A entrega foi feita pela empresa Elbit, a responsável pela venda e principal contratada do programa junto ao governo filipino, e contou com todo o suporte da empresa Ares Aeroespacial e Defesa, que ficou encarregada do programa no Brasil.

Uma das viaturas Guarani das Filipinas no campo de provas da IDV

Outra venda recente do Guarani foi para Gana, que adquiriu 10 viaturas em 2021, e que deverá receber seu primeiro exemplar ainda este ano, sendo que as nove restante tem previsão de entrega para 2023. Esta aquisição tem uma particularidade bem relevante, pois um dos exemplares adquiridos será da nova versão de Comando e Controle (C2), que esta em desenvolvimento.

Além do Brasil, Filipinas e Gana, o Guarani já esta em uso no Líbano, em sua Força de Segurança Interna, a Internal Security Forces (ISF), que recebeu 16 unidades em 2015; participa de concorrências de programas de aquisição na Argentina (onde foi testado recentemente) e na Malásia; e está sendo cotado por diversas outras forças, indicando que novas exportações podem ser anunciadas, principalmente na América Latina, África e Sudoeste Asiático, colocando nosso país novamente no seleto grupo de fornecedores deste tipo de equipamento militar.

Copyright © 2022 todos os direitos reservados

Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida ou transmitida em qualquer forma ou por qualquer meio, eletrônica ou mecanicamente, exceto nos termos permitidos pela lei, sem a autorização prévia e expressa do titular do direito de autor.

7 Comentários

  1. Caro Bastos, é impressão minha ou essas unidades já tem blindagem extra na lateral? Não parece aquele modelo de blindagem que foi mostrado a algum tempo, correto?

  2. Jesus q camuflagem feia exercito filipino.. incorporaram o espírito dos t14 com essa cor oliva puro, q por sua vez incorporou doa exércitos dos anos 40/50

  3. Bastos, o EB cede os seus blindados em produção para essas exportações ou elas entram na fila normal de fabricação?

    • O EB reduziu sua encomenda ao mínimo possível e ainda estendeu o prazo de entrega por questões orçamentárias e falta de planejamento. A linha de produção tem capacidade muito maior do que a demanda do EB.
      Então o EB não precisa ceder nada. Qualquer encomenda entra na linha de produção que atende com tranquilidade tanto o EB quanto novos clientes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here