ÁREA DO CLIENTE

Embraer exibe C-390 Millennium e A-29 Super Tucano nos EUA

As duas aeronaves estiveram em exposição na sede da Embraer Executive Jets, ao lado do jato médio Praetor 600 e do jato leve Phenom 300E.  

A Embraer apresentou pela primeira vez nos Estados Unidos o C-390 Millennium e o A-29 Super Tucano da Força Aérea Brasileira (FAB). A visita inaugural das duas aeronaves ocorreu nos dias 18 e 19 de março, na sede da Embraer Executive Jets, perto do Aeroporto Internacional de Orlando, em Melbourne, na Flórida e contou com a presença de autoridades governamentais, oficiais militares, potenciais clientes e parceiros.

Além das aeronaves de defesa, a Embraer também apresentou o Praetor 600, o jato executivo médio mais tecnologicamente avançado do mundo, e o Phenom 300E, o jato executivo leve mais vendido por 12 anos consecutivos. O evento de dois dias permitiu aos participantes conhecer de perto essas avançadas aeronaves e suas capacidades.

“Estamos orgulhosos de receber o C-390 Millenium e o A-29 Super Tucano em nossas instalações em Melbourne. Pudemos interagir com um público importante e diversificado, além de apresentar uma aeronave construída em Jacksonville, a poucas horas de distância”, afirma Bosco da Costa Junior, presidente & CEO da Embraer Defesa & Segurança. “O A-29 Super Tucano tem sido uma parte importante da nossa presença industrial na Flórida, há mais de 10 anos, e vemos grandes oportunidades para ambas as aeronaves no mercado, incluindo a possibilidade de trazer o C-390 para cá também”.

O C-390 é uma plataforma versátil com uma combinação imbatível de tecnologias comprovadas e inovadoras, com baixos custos operacionais, facilidade de manutenção e máxima prontidão operacional, permitindo a interoperabilidade e a conectividade em ambientes de rede e múltiplos domínios.

Assim, a aeronave oferece às forças aéreas de todo o mundo um desempenho excepcional da frota, máxima eficiência de custos e elevada disponibilidade. Um avião moderno, que não deixa nada a desejar. O C-390 pode transportar mais carga útil (26 toneladas) em comparação com outras aeronaves de transporte militar de médio porte e voa mais rápido (470 nós) e mais longe, sendo capaz de realizar uma ampla gama de missões, como transporte e lançamento de cargas e tropas, evacuação aeromédica, busca e salvamento, combate a incêndios e missões humanitárias, operando inclusive em pistas não pavimentadas, em superfícies como terra compactada e cascalho. A aeronave foi selecionada pela Coreia do Sul, República Tcheca, Áustria, Holanda, Portugal e Brasil.

A atual frota de aeronaves em operação acumulou mais de 11.500 horas de voo, com uma disponibilidade operacional de cerca de 80% e taxas de conclusão de missão superiores a 99%, demonstrando uma produtividade excepcional na categoria.

 

Fonte: Embraer

COMPARTILHE

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *