Embraer entrega primeiro jato E-99 modernizado à FAB

Em cerimônia realizada hoje, dia 27 de novembro, na planta da Embraer em Gavião Peixoto (SP), a Embraer entregou à Força Aérea Brasileira (FAB) a primeira aeronave modernizada EMB 145 AEW&C, de Alarme Aéreo Antecipado e Controle e Alarme em Voo, designada na FAB como E-99, matrícula FAB 6702, pertencente ao 2º/6º GAv, o Esquadrão Guardião. O contrato prevê ainda a modernização de mais quatro aeronaves do modelo.

“Para a Embraer é um privilégio poder seguir atendendo às necessidades da FAB para manter moderna e atualizada uma aeronave robusta que cumpre um papel estratégico no sistema de defesa do Brasil e já comprovou sua eficácia operacional”, disse Jackson Schneider, Presidente e CEO da Embraer Defesa e Segurança. “Como parte da estratégia de crescimento da Embraer para os próximos anos, temos investido na diversificação de áreas de atuação em defesa e segurança, que vão muito além do avião, com soluções inovadoras para melhor atender às necessidades do mercado global de defesa.”

No processo de modernização foram atualizados os sistemas de missão e subsistemas relacionados, como os de guerra eletrônica, comando e controle, contramedidas eletrônicas e do radar de vigilância aérea, ampliando a capacidade da FAB de execução de missões de Controle e Alarme em Voo e Reconhecimento Eletrônico, dentre outras.

O projeto E-99M é conduzido pela Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC) junto à Embraer e fornecedores internacionais, como a SAAB, Aeroelectronica International (AELI) e Rohde & Schwarz. Além da modernização, o projeto também possui acordos de transferência de tecnologia que possibilitarão avanços tecnológicos na área de defesa da indústria brasileira.

A Atech, empresa do grupo Embraer, participa do projeto no desenvolvimento de parte do sistema de comando e controle. Também foram adquiridas seis estações de planejamento e análise de missão, que serão empregadas no treinamento e aperfeiçoamento das tripulações.

Desenvolvido sobre a plataforma do bem-sucedido jato regional ERJ 145, com mais de 1.200 unidades entregues e 30 milhões de horas de voo, o E-99 da FAB é capaz de detectar, rastrear e identificar alvos em sua área de cobertura e transmitir essas informações via Data Link. A aeronave realiza missões de vigilância do espaço aéreo, controle e gerenciamento de interceptação, inteligência eletrônica e monitoramento de fronteiras.

Fonte: Embraer

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

NOTA À IMPRENSA A Associação Brasileira das Indústrias de Material de Defesa e Segurança (ABIMDE) expressa seu entusiasmo e gratidão...

Um misto de alívio e expectativa. Foi assim que o Sindicato Nacional de Materiais de Defesa (SIMDE) recebeu a notícia...

A Elbit Systems anunciou ontem o contrato avaliado em US$ 600 milhões para o fornecimento de sistemas para a Hanwha...

Decisão evitará prejuízos a empresas do setor que corriam risco de perder contratos e contribuirá para a sustentabilidade e a...

Comentários

Uma resposta

  1. Linda essa aeronave!!!

    Para suprir todo o nosso espaço aéreo em vigilância, acho que umas 18 aeronaves dessa seria o ideal.

    Parabéns para a FAB e para a Embraer.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Disponível

DISPONÍVEL