Embraer e ST Engineering anunciam acordo de cooperação

Acordo irá explorar as capacidades de cada empresa no setor de defesa

A Embraer Defesa & Segurança anunciou hoje, 13 de março (no Brasil, 14 em Singapura), um acordo com a Singapore Technologies Engineering (ST Engineering) para explorar, conjuntamente, alternativas para a futura colaboração na região Ásia-Pacífico em áreas estratégicas, como engenharia, manutenção e suporte com foco na aeronave de transporte multimissão C-390 Millennium. Além disso, ambas as empresas irão cooperar em produtos e serviços, incluindo radares e sistemas terrestres, C4ISTAR, segurança de fronteiras, simulação e metodologias avançadas de produção, que irão apoiar o portfólio de soluções da ST Engineering na América do Sul.

A cooperação parte do Memorando de Entendimento (MoU) assinado em fevereiro, durante o Singapore Airshow 2024, e reforça a presença crescente da Embraer no ecossistema aeroespacial e de defesa por meio de parcerias estratégicas.

“Identificamos fortes sinergias entre as capacidades da ST Engineering em defesa e MRO e a linha completa de soluções integradas da Embraer Defesa & Segurança e, por isso, esperamos promover laços mais sólidos entre as empresas”, afirma Bosco da Costa Junior, presidente & CEO da Embraer Defesa & Segurança. “O C-390 Millennium é o principal produto da Embraer Defesa & Segurança, despertou muito interesse durante o Singapore Airshow e estamos trabalhando para ampliar a nossa base de clientes na região”.

O C-390 pode transportar mais carga útil (26 toneladas) em comparação com outras aeronaves de transporte militar de médio porte e voa mais rápido (470 nós) e mais longe, sendo capaz de realizar uma ampla gama de missões, como transporte e lançamento de cargas e tropas, evacuação aeromédica, busca e salvamento, combate a incêndios e missões humanitárias, operando inclusive em pistas não pavimentadas, em superfícies como terra compactada e cascalho. A aeronave já foi selecionada por Coreia do Sul, República Tcheca, Áustria, Holanda, Portugal e Brasil.

A atual frota de aeronaves em operação acumulou mais de 11.500 horas de voo, com uma disponibilidade operacional de cerca de 80% e taxas de conclusão de missão superiores a 99%, demonstrando uma produtividade excepcional na categoria.

As capacidades de defesa da ST Engineering incluem um amplo leque de soluções, desde a engenharia de aeronaves e atualizações de aviônicos até à concepção e construção de plataformas de mobilidade comprovada em missões, sistemas de combate, munições e embarcações navais. A ST Engineering é centro de serviços autorizado para vários fabricantes e sua atividade aeroespacial de defesa fornece uma gama abrangente de apoio e soluções de manutenção, incluindo a modernização de aeronaves para clientes globais, apoiando plataformas, desde caças de combate a aviões de transporte e de treino, bem como helicópteros.

Fonte: Embraer

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

Com o objetivo de desenvolver sistemas de alta tecnologia de propulsão e de  aeronaves não tripuladas, está sendo anunciada a...

De todas as novidades da FIDAE 2024, definitivamente a que mais surpreendeu o público não foi a vinda do caça...

A atuação dos drones na guerra entre a Rússia e a Ucrânia mudou os conceitos e doutrinas do atual cenário...

Durante a FIDAE 2024, a Boeing apresentou uma atualização do programa do avião de patrulha marítima P-8 Poseidon e os...

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EM BREVE