Embraer apresenta o novo radar SABER M200 VIGILANTE

16
3915

Na tarde de hoje, 10 de dezembro, na unidade da Embraer Campinas, no Interior do Estado de São Paulo, ocorreu a apresentação oficial do novo radar terrestre de vigilância para defesa antiaérea SABER M200 VIGILANTE.

Fruto do desenvolvimento conjunto de radares para o Governo Brasileiro, o radar nacional totalmente concebido e desenvolvido no Brasil, em uma parceria da Embraer com Centro Tecnológico do Exército (CTEx), organização militar integrante do Sistema de Ciência, Tecnologia e Inovação do Exército (SCTIEx), para atender às necessidades do Projeto Estratégico do Exército Defesa Antiaérea (Prg EE DAAe) e com vistas também ao incremento do portfólio de produtos da empresa e à exportação de sistemas de defesa integrados.

A apresentação ocorreu na Embraer Campinas

Seu desenvolvimento também contou com ampla participação da Base Industrial de Defesa (BID) e de órgãos de fomento, destacando-se as contribuições da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) e do Banco Nacional de desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), porém a totalidade de sua propriedade intelectual pertencente ao Exército Brasileiro (EB).

“Estamos orgulhosos em presenciar este evento, em conjunto com a Embraer. Ao longo de mais de 15 anos de trabalho conjunto, a sinergia entre Exército e Embraer permitiu alcançar a autonomia nacional no desenvolvimento da capacidade tecnológica dos agora radares digitais, com tecnologia “phased array, que em breve ampliarão as capacidades da nossa tropa, mantendo a operação continuada com o apoio da nossa Base Industrial da Defesa”, disse o general de exército Guido Amin Naves, chefe do Departamento de Ciência e Tecnologia (DCT) do Exército.

Este novo radar deverá ser empregado na vigilância e alerta antecipado em baterias e grupos de artilharia antiaérea ou, ainda, em atividades de controle de tráfego aéreo ou de vigilância de fronteira, embarcando as mais atualizadas tecnologias de radares, disponíveis em poucos países.

A abertura e entrada em operação do novo radar (Vídeo: Felipe Sales)

De acordo com informações do CTEx, o radar primário banda S, com varredura totalmente eletrônica em azimute (“phased array” ativo), é capaz de detectar um alvo de 2,5 m² a 150 km de distância, possui um teto de cobertura de 15 km e está preparado para receber o IFF (“identification friend or foe”, ou “identificação amigo ou inimigo”, em português) modo 4 do Projeto IFFM4BR, da Força Aérea Brasileira (FAB). Seu baixo peso permite que seja transportado por uma viatura de transporte especializado (VTE) 6X6 VOP1 MAN Constellation 31.320, sendo todo o sistema aerotransportado por aeronaves C-130 ou KC-390.

“Celebramos neste evento uma importante etapa na colaboração com o Exército Brasileiro. Para a apresentação do primeiro radar SABER M200 VIGILANTE, vários desafios tecnológicos foram superados em conjunto com o Exército ao longo de seu desenvolvimento, valendo-nos das capacidades de engenharia e de processos de gestão de projetos complexos da Embraer. A adoção do radar e o início de operação pela Força Terrestre será fundamental para validação e endosso da solução visando futuras exportações”, disse Jackson Schneider, presidente e CEO da Embraer Defesa e Segurança.

Esse novo desenvolvimento passará a integrar a família de radares nacionais, que já conta com o radar SABER M60, destinado à busca de alvos aéreos e que atua integrado a um Centro de Operações Antiaéreas, e o radar SENTIR M20, destinado ao monitoramento de alvos terrestres e em uso no Sistema de Monitoramento de Fronteiras (SISFRON). Além disso, a família de radares nacionais em breve contará também com um novo resultado de pesquisa e desenvolvimento, o radar SABER M200 Multimissão, o qual será destinado a integrar sistemas de defesa antiaérea de média altura.

Jackson Schneider, presidente e CEO da Embraer Defesa e Segurança, entrega uma placa comemorativa ao evento para o general de exército Paulo Sergio, comandante do Exército Brasileiro

Com informações da Embraer e CTEx
Fotos: Claudio Capucho, via Embraer

16 Comentários

  1. Pelo visto e um radar baseado em tecnologia AESA correto?

    parabéns a Embraer e ao centro tecnológico do exercito que conseguiram miniaturizar em questão de 2 anos o projeto que antes necessitava de uma carreta 8×8 sem capacidade OFF-Road para uma plataforma totalmente compatível modular com veículos que o EB ja possui

  2. Sei que leva o nome mais este e o mesmo projeto( so que refinado) que foi apresentado anos atrás em parceria da Embraer e a Finep? Caramba reduziram o tamanho de mais lembro que era um caminhão enorme com 3 placas quadradas de 8,5m

  3. “Além disso, a família de radares nacionais em breve contará também com um novo resultado de pesquisa e desenvolvimento, o radar SABER M200 Multimissão, o qual será destinado a integrar sistemas de defesa antiaérea de média altura.”
    Não entendi muito bem, série esse apresentado?

    • Não. Esse ai é para baixa altura(até 150 km). Caminhão 6×6 que está na foto.
      A Embraer lançará em breve o de média altura( de 200km podendo chegar a 400km com melhorias) no caminhão 8×8.

      • … é capaz de detectar um alvo de 2,5 m² a 150 km de distância, possui um teto de cobertura de 15 km .
        Boa tarde colega, acho que vc se enganou na especificação, o alcance é de 150km para um alvo pequeno ,e a altitude (teto) e´de 15km.Veja se concorda comigo…forte abraço.
        Parabéns a Embraer e as forças armadas por essa conquista.

  4. Bastos qual diferença do radar de vigilância e alerta antecipado (exp:M200 vig)e o radar de busca de alvo(exp:M60)?

    • Saber M-60
      “Alcance máximo: 60 km
      Informações dos alvos: 3D (alcance, azimute e elevação)
      Teto máximo: 5 km
      Identificação amigo-inimigo (IFF): modos 1, 2 3/A e C
      Alcance máximo com IFF: 82 km
      N° máximo de alvos rastreáveis: 40
      Acuidade: 50 m em alcance, 2° em azimute e 1° em elevação
      Resolução: 75 m em alcance
      Vel. Mínima para detecção: 36 km/h
      Tempo máximo para entrar em operação: 15 min”

      Saber M-200
      Alcance:
      150 km para alvo de 2,5 m²
      Teto de cobertura:15 km
      Precisão em distância:150 m
      Precisão em azimute: 2º
      IFF (modos 1, 2, 3/A e C) com varredura mecânica
      Preparado para receber IFF modo 4

    • “… em breve contará também com um novo resultado de pesquisa e desenvolvimento, o radar SABER M200 Multimissão, o qual será destinado a integrar sistemas de defesa antiaérea de média altura” 😉

      • Ah sim kkkk por serem ambos SABER M200 ficou meio confuso na minha cabeça, obrigado pela resposta.

  5. Prezado: quais são as frequências de varredura do M200? Há como também jammear inimigos? Há quais procedimentos para tentar ludibriar um eventual ataque com misseis guiados pelo proprio sinal emitido pelo radar?ABs

Deixe um comentário para LeonZ Cancelar Resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here