EB capacita agentes da FNSP e DEPEN na operação de blindados EE-11 Urutu

Na tarde de quinta-feira passada, dia 05/08, o 16º Batalhão Logístico (16º B Log), Batalhão Tenente-General Napion, realizou a solenidade de encerramento e entrega de diploma do estágio de manutenção preventiva e conduta auto da viatura blindada de transporte de pessoal (VBTP) 6X6 EE-11 Urutu para os agentes penitenciários do Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN) e integrantes da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP).

O estágio foi realizado no período de 3 a 5 de agosto, no Núcleo de Manutenção de VBTP-MSR 6X6 Guarani do 16º B Log, com o objetivo de qualificar e adaptar os agentes penitenciários do DEPEN e integrantes da FNSP para a execução dos serviços de manutenção e conduta auto da VBTP Urutu, conscientizando os estagiários sobre a importância da manutenção preventiva.

Como coroamento da instrução, os estagiários realizaram uma atividade prática no Campo de Instrução Córrego do Acampamento (CICA), conduzindo a VBTP Urutu e identificando os acidentes no terreno que podem ou não ser ultrapassados pela viatura.

Fonte: 16º B Log
Fotos: Sd M. Silva

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

Empresas brasileiras destacam inovações e capacidades no cenário internacional A Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança...

Para celebrar os feitos dos mais de 25 mil homens e mulheres brasileiros que lutaram na 2ª Guerra Mundial, o...

Desde 1º de janeiro de 2023, o dr. Artur José Dian ocupa o cargo de Delegado-Geral da Polícia Civil do...

Em um surpreendente anuncio ocorrido hoje, dia 11 de junho, a empresa franco-germânica KNDS informou que encerrou as negociações de...

Comentários

8 respostas

  1. Acredito que atualmente (e espero que futuramente também) somente a PMERJ, devido ao estado que guerra civil que se desenrola em alguns lugares, tenha necessidade desses veículos. Porem isso pode ocorrer.

  2. Com o numero excessivo de entregas do guarani perto de 500 unidades, o exército não retirou todos urutus de operação?

    1. Que eu saiba, Mesmo depois que todos os Guarani comprados forem entregues, Alguns veículos Urutu ainda serão usados em unidades de apoio seja comunicações, logística, ambulância e outras modalidades, substituindo os Marruá que executam essas fubçoes mas são blindados, por sua vez, os Marruas também acabaram substituindo os veículos de perfil mais “civil” como jipes, Land Rover, bandeirantes, picapes, etc

    2. Pq havia falta nas OM, bem todas tinham a quantidade de VBT suficiente e Batalhões de Infantaria foram transformados em Mecanizados, criando assim mas necessidades.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL