Despedida ao SubOficial SANTANA, o “ZERO-UM” dos COMANF

24
27053

Na noite dessa quarta-feira (03/06), faleceu o Suboficial (SO), Fuzileiro Naval, José Paulo de SANTANA.

O SO Santana foi o primeiro militar a lograr êxito e se formar um Comandos Anfíbios da Marinha do Brasil, em 1972.

Nosso “ComAnf-01”, o Sub Santana representa nosso nascimento como tropa especial no Corpo de Fuzileiros Navais e como elementos de elite dentre as forças de operações especiais do Brasil e do mundo.

Ao se formar e receber seu breve em 1972, o SO Santana e seu Turno deram início à tradicional (e essencial) Mística dos Comandos Anfíbios. É esta Mística que, ao longo dos últimos 48 anos, tem garantido o devotamento, a dedicação incondicional, ao cumprimento da missão por parte de todos nós Comandos Anfíbios. Essa Mística que tem nos inspirados a cumprir qualquer missão. Seja aonde for ou quando for. Sob quaisquer adversidades. Contra qualquer inimigo.

Se hoje os Comandos Anfíbios são reconhecidos por sua dedicação, determinação, lealdade e profissionalismo, foi em 1972 que essa longa jornada teve início. E devemos o primeiro passo dessa caminhada ao Suboficial Santana.

Hoje não perdemos um ComAnf, mas ganhamos mais um “Eterno Comandos Anfíbios”, que continuará a nos servir de exemplo e inspiração nas nossas futuras missões e nos futuros desafios.

Em nome do Batalhão de Operações Especiais de Fuzileiros Navais, Batalhão Tonelero, transmito aqui todo nosso respeito e admiração ao SO Santana, ComAnf 01 da Marinha do Brasil, por tudo que ele representa na história dos Comandos Anfíbios e do Batalhão Tonelero.

Que Deus o guarde e acolha. E que seu espírito repouse à sombra do nosso Marapicú.

COMANDOS! ANFÍBIOS!

Adsumus

 

Mensagem do CMG (FN) CAPPUCCI, Cmt BtlOpEspFuzNav

A Sra. Maria Hosana, esposa do SO SANTANA, recebendo o pavilhão nacional das mãos do comandante do Batalhão Tonero, o Cmte CAPPUCCI.

O enterro ocorreu hoje (06/05), as 16:00hs, no Cemitério de Ricardo de Albuquerque, no Rio de Janeiro, onde o SO SANTANA foi escoltado pelos seus amigos de farda.

Toda a equipe de Tecnologia & Defesa, lamenta profundamente a perda desse que era a referencia para toda uma geração. Nossos sinceros sentimentos a família e aos amigos.

AUICA camarada!

24 Comentários

    • Parabéns, meu também é SO, da reserva FAB e tenho grande orgulho dele…. sei o quanto você deve admirar o seu. Parabéns, que sua lembrança seja eterna.

  1. Sem dúvida, o nosso melhor instrutor no Comanf 1980/1. Diziam que tinha estado no Araguaia. Como aluno à época, não me cabia questionar onde havia estado e qual a experiência do Sub Santana. Mas ele certamente ministrava com uma autoridade muito superior aos demais instrutores, incluindo os oficiais. A sua experiência em combate real, por certo, falava mais alto. Com alguma razão, era conhecido no Btl Tonelero como “Sub Santanás”. Meu respeito ao COMANF 01.
    Que Deus console a sua família.
    Em Cristo,
    Augusto HONORIO, CMG (FN RM1).

    • Esteve no Araguaia e antes na operação das forças conjuntas da OEA na Republica Dominicana nos anos 60. Realmente era um combatente experiente e especialista. Obrigado pela lembrança.

  2. Augusto Honório sou Luiz Eduardo filho do SO Sant’Ana o 01 realmente eu me lembro de ele ser conhecido como vc falou.
    Agradeço pela homenagem.

  3. Maravilha..justa homenagem..Comandos Éticos..A Marinha é uma filosofia de vida. FAZENDO DO MAR ,AR E TERRA A ESTRADA DA VIDA!..ETERNO COMANF 01 .

  4. Meus sentimentos aos familiares , que descanse em paz nobre Guerreiro! AD SUMUS! AUICA! URRAH!

  5. Boa noite! Em 1978, fui destacado ao Btl Tonelero cuja a finalidade dar apoio ao curso de COMANF ocasião que tive o prazer de conviver com companheiros daquele btl e participar dos eventos ali realizados.
    Que descanse o guerreiro e que seus familiares encontre conforto na fé que professam.

    • Não o conheci, sou da gola, mais me emocionou os relatos sobre o militar Santana. Certamente deverá ser inserido com destaque entre aqueles que engrandeceram a Marinha, o seu Batalhão Toneleiro e exemplo para toda Tropa.
      Deus o tenha na Guarda Preciosa do Seu Reino.q

  6. Tive o privilégio de ser aluno de Patrulhas do SO SANTANA em 1977.
    Seu conhecimento técnico em Operações de Comandos Anfíbios sempre foi impressionante. Um Lider capaz de levar toda a Tropa consigo por quaisquer caminhos, com Fibra de Herói, sem temer a morte.
    Na Cota 93 da Ilha da Marambaia, às duas horas da madrugada, manifestou estar sentindo fortes dores em razão de uma picada de serpente – esta cena fazia parte do Adestramento. Avisou à tropa que passaria o Comando da Patrulha ao Subcomandante e que seria evacuado para tratamento. Alertou na ocasião sobre a necessidade da Patrulha fazer Mudança de Base – que já houvera preparado. Tal a sua Liderança, a Patrulha de Combate, que fora adestrada  pelo SO SANTANA, prosseguiu na Campanha com ânimo forte, apesar da grande pressão psicológica dos tiros intermitentes e de rajadas, e das trinta e seis granadas de gás lacrimogêneo lançadas sobre a Base, em meio à  escuridão, naquela noite de terror. Aliás, ele havia informado previamente, : “Os senhores terão umas férias. Mas, umas férias de terror”. Ele lacrimejava mas não chorava, com gás lacrimogêneo, enquanto dava Ordens a Patrulha e servia de Exemplo aos seus Comandados, que se mantinham atentos as suas explanações e firmes em seus lugares. Sem dúvidas- Um Grande Líder.
    Nosso reconhecimento aos seus Valores. Desejamos que siga em Paz depois dessa trajetória significativa, tendo muito bem cumprido sua Missão.
    Aos seus familiares, desejamos a Bênção e que sejam confortados para suportarem sua ausência.

  7. 2 TIMOTEO 4:7-8 ,COMBATEU O BOM CAMBATE COMPLETOU A CARREIRA E GUARDOU A FÉ, SOU PARQUEDISTA DO EXERCITO BRASILEIRO, FORMADO EM 1981 EU TIVE O PRIVILÉGIO DE CONCLUIR MINHA FORMAÇÃO TENDO NO MEU SUBTURNO CHARLE ALGUNS IRMÃO COMANF ,ADSUMOS.

  8. Nossos mais sinceros pêsames pela perda irreparável à família. Na verdade todos perdem a família perde o pai e o marido, a sociedade um cidadão de bem e a Marinha um ícone de profissionalismo. Nossa melhor continência a esse experiente Fuzileiro Naval , Combatente de Selva e COMANF. QUE DEUS NOS CONFORTE A TODOS. AD SUMUS.

  9. Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. 8 Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele Dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.uhaaaa Adsumus

  10. Este SO FN José Paulo de Santana , O Cel EB FE Cid Canuso Ferreira, o Sgto EB FE Bruno Cazuca mereciam homenagens nos principais jornais em horários nobres e revistas brasileiros .

  11. Foi em 81 que fiz minha terceira área Pqdt , tinham 4 fuzileiros navais , acho que o ST Santana era um deles, nessa época oficiais, Ste Sgt faziam o curso juntos sem distinção.
    Boa aterragem na ZL do Reino de Deus, no Nosso Lar !!!
    Cel Int Elton AMAM/78

  12. Não o conheci, sou da gola, mais me emocionou os relatos sobre o militar Santana. Certamente deverá ser inserido com destaque entre aqueles que engrandeceram a Marinha, o seu Batalhão Toneleiro e exemplo para toda Tropa.
    Deus o tenha na Guarda Preciosa do Seu Reino.

  13. Lembro que quando servi em Salvador, nosso instrutor pqd sgt Jaime falava muito dele! Va com Deus irmão descanse em paz! AIUCA ADSUMUS.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here