Despedida ao SubOficial SANTANA, o “ZERO-UM” dos COMANF

22
24271

Na noite dessa quarta-feira (03/06), faleceu o Suboficial (SO), Fuzileiro Naval, José Paulo de SANTANA.

O SO Santana foi o primeiro militar a lograr êxito e se formar um Comandos Anfíbios da Marinha do Brasil, em 1972.

Nosso “ComAnf-01”, o Sub Santana representa nosso nascimento como tropa especial no Corpo de Fuzileiros Navais e como elementos de elite dentre as forças de operações especiais do Brasil e do mundo.

Ao se formar e receber seu breve em 1972, o SO Santana e seu Turno deram início à tradicional (e essencial) Mística dos Comandos Anfíbios. É esta Mística que, ao longo dos últimos 48 anos, tem garantido o devotamento, a dedicação incondicional, ao cumprimento da missão por parte de todos nós Comandos Anfíbios. Essa Mística que tem nos inspirados a cumprir qualquer missão. Seja aonde for ou quando for. Sob quaisquer adversidades. Contra qualquer inimigo.

Se hoje os Comandos Anfíbios são reconhecidos por sua dedicação, determinação, lealdade e profissionalismo, foi em 1972 que essa longa jornada teve início. E devemos o primeiro passo dessa caminhada ao Suboficial Santana.

Hoje não perdemos um ComAnf, mas ganhamos mais um “Eterno Comandos Anfíbios”, que continuará a nos servir de exemplo e inspiração nas nossas futuras missões e nos futuros desafios.

Em nome do Batalhão de Operações Especiais de Fuzileiros Navais, Batalhão Tonelero, transmito aqui todo nosso respeito e admiração ao SO Santana, ComAnf 01 da Marinha do Brasil, por tudo que ele representa na história dos Comandos Anfíbios e do Batalhão Tonelero.

Que Deus o guarde e acolha. E que seu espírito repouse à sombra do nosso Marapicú.

COMANDOS! ANFÍBIOS!

Adsumus

 

Mensagem do CMG (FN) CAPPUCCI, Cmt BtlOpEspFuzNav

A Sra. Maria Hosana, esposa do SO SANTANA, recebendo o pavilhão nacional das mãos do comandante do Batalhão Tonero, o Cmte CAPPUCCI.

O enterro ocorreu hoje (06/05), as 16:00hs, no Cemitério de Ricardo de Albuquerque, no Rio de Janeiro, onde o SO SANTANA foi escoltado pelos seus amigos de farda.

Toda a equipe de Tecnologia & Defesa, lamenta profundamente a perda desse que era a referencia para toda uma geração. Nossos sinceros sentimentos a família e aos amigos.

AUICA camarada!

22 Comentários

    • Parabéns, meu também é SO, da reserva FAB e tenho grande orgulho dele…. sei o quanto você deve admirar o seu. Parabéns, que sua lembrança seja eterna.

  1. Sem dúvida, o nosso melhor instrutor no Comanf 1980/1. Diziam que tinha estado no Araguaia. Como aluno à época, não me cabia questionar onde havia estado e qual a experiência do Sub Santana. Mas ele certamente ministrava com uma autoridade muito superior aos demais instrutores, incluindo os oficiais. A sua experiência em combate real, por certo, falava mais alto. Com alguma razão, era conhecido no Btl Tonelero como “Sub Santanás”. Meu respeito ao COMANF 01.
    Que Deus console a sua família.
    Em Cristo,
    Augusto HONORIO, CMG (FN RM1).

    • Esteve no Araguaia e antes na operação das forças conjuntas da OEA na Republica Dominicana nos anos 60. Realmente era um combatente experiente e especialista. Obrigado pela lembrança.

  2. Augusto Honório sou Luiz Eduardo filho do SO Sant’Ana o 01 realmente eu me lembro de ele ser conhecido como vc falou.
    Agradeço pela homenagem.

  3. Maravilha..justa homenagem..Comandos Éticos..A Marinha é uma filosofia de vida. FAZENDO DO MAR ,AR E TERRA A ESTRADA DA VIDA!..ETERNO COMANF 01 .

  4. Meus sentimentos aos familiares , que descanse em paz nobre Guerreiro! AD SUMUS! AUICA! URRAH!

  5. Boa noite! Em 1978, fui destacado ao Btl Tonelero cuja a finalidade dar apoio ao curso de COMANF ocasião que tive o prazer de conviver com companheiros daquele btl e participar dos eventos ali realizados.
    Que descanse o guerreiro e que seus familiares encontre conforto na fé que professam.

    • Não o conheci, sou da gola, mais me emocionou os relatos sobre o militar Santana. Certamente deverá ser inserido com destaque entre aqueles que engrandeceram a Marinha, o seu Batalhão Toneleiro e exemplo para toda Tropa.
      Deus o tenha na Guarda Preciosa do Seu Reino.q

  6. Tive o privilégio de ser aluno de Patrulhas do SO SANTANA em 1977.
    Seu conhecimento técnico em Operações de Comandos Anfíbios sempre foi impressionante. Um Lider capaz de levar toda a Tropa consigo por quaisquer caminhos, com Fibra de Herói, sem temer a morte.
    Na Cota 93 da Ilha da Marambaia, às duas horas da madrugada, manifestou estar sentindo fortes dores em razão de uma picada de serpente – esta cena fazia parte do Adestramento. Avisou à tropa que passaria o Comando da Patrulha ao Subcomandante e que seria evacuado para tratamento. Alertou na ocasião sobre a necessidade da Patrulha fazer Mudança de Base – que já houvera preparado. Tal a sua Liderança, a Patrulha de Combate, que fora adestrada  pelo SO SANTANA, prosseguiu na Campanha com ânimo forte, apesar da grande pressão psicológica dos tiros intermitentes e de rajadas, e das trinta e seis granadas de gás lacrimogêneo lançadas sobre a Base, em meio à  escuridão, naquela noite de terror. Aliás, ele havia informado previamente, : “Os senhores terão umas férias. Mas, umas férias de terror”. Ele lacrimejava mas não chorava, com gás lacrimogêneo, enquanto dava Ordens a Patrulha e servia de Exemplo aos seus Comandados, que se mantinham atentos as suas explanações e firmes em seus lugares. Sem dúvidas- Um Grande Líder.
    Nosso reconhecimento aos seus Valores. Desejamos que siga em Paz depois dessa trajetória significativa, tendo muito bem cumprido sua Missão.
    Aos seus familiares, desejamos a Bênção e que sejam confortados para suportarem sua ausência.

  7. 2 TIMOTEO 4:7-8 ,COMBATEU O BOM CAMBATE COMPLETOU A CARREIRA E GUARDOU A FÉ, SOU PARQUEDISTA DO EXERCITO BRASILEIRO, FORMADO EM 1981 EU TIVE O PRIVILÉGIO DE CONCLUIR MINHA FORMAÇÃO TENDO NO MEU SUBTURNO CHARLE ALGUNS IRMÃO COMANF ,ADSUMOS.

  8. Nossos mais sinceros pêsames pela perda irreparável à família. Na verdade todos perdem a família perde o pai e o marido, a sociedade um cidadão de bem e a Marinha um ícone de profissionalismo. Nossa melhor continência a esse experiente Fuzileiro Naval , Combatente de Selva e COMANF. QUE DEUS NOS CONFORTE A TODOS. AD SUMUS.

  9. Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. 8 Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele Dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.uhaaaa Adsumus

  10. Este SO FN José Paulo de Santana , O Cel EB FE Cid Canuso Ferreira, o Sgto EB FE Bruno Cazuca mereciam homenagens nos principais jornais em horários nobres e revistas brasileiros .

  11. Foi em 81 que fiz minha terceira área Pqdt , tinham 4 fuzileiros navais , acho que o ST Santana era um deles, nessa época oficiais, Ste Sgt faziam o curso juntos sem distinção.
    Boa aterragem na ZL do Reino de Deus, no Nosso Lar !!!
    Cel Int Elton AMAM/78

  12. Não o conheci, sou da gola, mais me emocionou os relatos sobre o militar Santana. Certamente deverá ser inserido com destaque entre aqueles que engrandeceram a Marinha, o seu Batalhão Toneleiro e exemplo para toda Tropa.
    Deus o tenha na Guarda Preciosa do Seu Reino.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here