Defesa QBRN – Marinha realiza o exercício Adest-NBQR

2
370

A Companhia de Apoio ao Desembarque (CiaApDbq), no dia 15 de outubro, no Complexo Naval da Ilha das Flores (CNIF), em São Gonçalo (RJ), e no Complexo Naval da Ilha do Governador (CNIG), no Rio de Janeiro (RJ), o Adestramento em Defesa Nuclear,Biológica,Química e Radiológica (Adest-NBQR), que foi dividido em duas fases, com a participação de 10 militares da CiaApDbq, 15 militares do Batalhão de Engenharia de Fuzileiros Navais (BtlEngFuzNav), 12 militares da Base de Fuzileiros Navais da Ilha das Flores (BFNIF) e um militar da Unidade Médica Expedicionária da Marinha (UMEM).

A primeira fase foi realizada na Ilha das Flores, onde o BtlEngFuzNav ministrou instrução sobre a utilização das roupas de proteção Nuclear, Bacteriológico, Químico e Radioativo na Zona de Desembarque, e a CiaApDbq realizou instrução sobre a instalação e a utilização de Esteira de Pouso de Helicópteros (HELIPAD).

A segunda fase foi realizada no Batalhão Humaitá, na Divisão Anfíbia, onde o BtlEngFuzNav ministrou instrução sobre os cuidados no transporte de vítima, como reconhecer sintomas e como realizar a descontaminação, e a Companhia de Apoio ao Desembarque deu aulas sobre o balizamento de aeronave no período diurno e noturno com a utilização das células de iluminação Carmanah.

O exercício teve como propósito a troca de experiências entre as unidades participantes no que cerne a operação de zona de desembarque por ocasião de operações envolvendo contaminação por agentes NBQR, como o vírus da COVID-19 por exemplo.

Orientação de aeronave utilizando as células de iluminação Carmanah

Fonte: Marinha do Brasil

2 Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here