CORE 21 – Militares do US Army atiram com IA2

3
2271

Cerca de 300 militares do Exército Brasileiro (EB) e do Exército dos Estaos Unidos (US Army) realizaram Tiro de Integração no estande da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), em Resende (RJ), no dia 14 de dezembro. A reunião das tropas marcou o fim das atividades operacionais combinadas no âmbito do exercício combinado CORE (“Combined Operations and Rotation Exercises”).

No Tiro de Integração, os militares do US Army  atiraram com armamento utilizado pelo EB,  o fuzil de assalto IA2, projetado e fabricado pela IMBEL, e os militares brasileiros tiveram a experiência de atirar com o fuzil M4, ambos são calibre 5,56×45 mm.

Antes da atividade, que ocorreu à tarde, os militares dos dois países tiveram instrução prévia de manejo. As séries de tiros no estande permitiram que até 40 militares disparassem simultaneamente nos alvos.

O Comandante da 12ª Brigada de Infantaria Leve – Aeromóvel  (12ª Bda Inf L – Amv), general de brigada Rodrigo Ferraz Silva, avaliou que o Tiro de Integração coroou o final do exercício CORE. “O armamento, tanto o brasileiro quanto o americano, é muito semelhante. Destaco a confiabilidade e a portabilidade de ambos, que têm o mesmo calibre, e mais ou menos a mesma cadência de tiro. As tropas celebraram o exercício, que foi de grande potencial de ensinamento com os irmãos do Exército americano”, disse.

Brandon Mickey, soldado do US Army, elogiou o fuzil usado pelos militares brasileiros. “É um armamento diferente do que a gente está acostumado, mas é um fuzil muito bem construído”, afirmou.

Os militares do EB também atiraram com o armamento padrão do US Army, o fuzil M4

Fonte: Comunicação Social do Comando Militar do Sudeste
Fotos: cabo De Lima

 

 

3 Comentários

  1. Bom dia,
    Seria possível fazer uma reportagem sobre o IA2 dizendo quais foram os melhoramentos (mudancas) do fuzil das primeiras unidades até o fim do lote entregue ao EB?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here