CORE 21 – Americanos e brasileiros passam por instrução aeromóvel

3
1257

Enquanto o planejamento do Exercício CORE 21 segue no Centro de Operações da Força-Tarefa Itororó, a tropa se deslocou para o terreno. Na jornada de do dia 2 de novembro, os militares americanos assistiram a instruções teóricas conduzidas por militares brasileiros sobre Técnicas, táticas e procedimentos (TTP) em Operações Aeromóveis.

No dia de ontem (3), as tropas brasileiras e americanas foram conduzidas até o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), no município de Cachoeira Paulista (SP), para treinar o embarque e desembarque das aeronaves Jaguar e Cougar da Aviação do Exército. Na ocasião, os pilotos e mecânicos de voo do 1° Batalhão de Aviação do Exército (1º BAvEx) explicaram procedimentos de segurança fundamentais para os militares norte-americanos, da 101ª Divisão de Assalto Aéreo (101st Airborne Division).

À tarde, os pelotões realizaram exercícios em pistas de progressão, como oficinas de maneabilidade, retraimento e de Combate a Localidade. Em todas as oportunidades, a interoperabilidade e a cooperação entre tropas brasileiras e norte-americanas permitiram um intercâmbio de conhecimento e incremento da capacidade operativa das tropas da Brigada Aeromóvel, que é uma Força de Prontidão (FORPRON) do Exército Brasileiro.

Fonte: Comunicação Social do CMSE
Fotos: cabo Johnata /2ª DE e cabo Gabriel Silva /12ª Bda Inf L – Amv

 

3 Comentários

  1. Prova do reconhecimento de nossa capacidade podermos “ministrar aulas” e assim ensinar, pois cada doutrina é uma e esta tem suas particularidades e méritos, a outras nações mesmo esta sendo uma potencia que tem experiência pratica em campo.

    Parabéns as tropas brasileiras por organizarem tamanho exercício internacional, que com certeza replicaremos no futuro com outras nações amigas, e aos americanos sejam bem vindos e que possamos no futuros executar exercícios similares em outras áreas e que por favor deem o feed back mais honesto para que nossas tropas possam cada vez mais se aperfeiçoar na proteção de nosso território.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here