Comitiva Italiana visita unidades militares e empresas no Sul

7
1482
Comitiva italiana no Quartel General da 5ª Divisão de Exército, em Curitiba, sendo recebida pelo seu Comandante, o general de divisão Fábio Benvenutti Castro, acompanhado de todos seus oficiais-generais.

Por Redação Tecnologia & Defesa

Nesta semana, representantes da Embaixada da Itália e de empresas italianas estiveram na região sul do Brasil para conhecer o trabalho das Forças Armadas e identificar oportunidades de projetos conjuntos com a Base Industrial de Defesa.

A visita começou no Quartel General da 5ª Divisão de Exército (5ª DE), em Curitiba (PR), sendo recebida pelo seu Comandante, o general de divisão Fábio Benvenutti Castro, acompanhado de todos seus oficiais-generais. O adido militar da Itália no Brasil, coronel-aviador Antonio Felicissimo e seu assistente, suboficial Silvio Zelli, acompanhados pelos presidentes da Leonardo do Brasil, Francesco Moliterni e da Iveco do Brasil, Humberto Spinetti, e o consul Geral da Itália em Curitiba, Salvatore Di Venezia, tiveram a oportunidade de conhecer o trabalho realizado pelo Exército Brasileiro (EB) na segurança das fronteiras e das unidades de combate da 5ª DE, incluindo a operação e a manutenção das VBTP-MR Guarani. O Consórcio Iveco-Oto Melara, que reúne as empresas Leonardo e Iveco Defence Vehicles está oferecendo ao projeto da viatura blindada de combate de cavalaria (VBC Cav) o Centauro 2, o mais moderno e capaz veículo blindado de combate de cavalaria da atualidade, equipado com potente canhão de 120 mm.

Em Porto Alegre, a comitiva visitou a empresa AEL Sistemas, sendo recebida pelo seu presidente, Gal Lazar. A AEL é uma das principais parceiras da Leonardo no Brasil e entre outros, realiza a manutenção dos radares Leonardo Grifo que equipam os caças F-5 da Força Aérea Brasileira (FAB). A comitiva italiana se surpreendeu com o alto nível tecnológico da empresa e conheceu os projetos atuais da AEL, tendo oportunidade de discutir possibilidades de cooperação em diversos projetos, que incluem a participação no caça de treinamento avançado e ataque leve M-346.

Em Canoas, a comitiva, que contou com a participação do consul Geral da Itália em Porto Alegre, Roberto Bortot, visitou o Comando Aéreo Sul e foi recebida pelo seu comandante,  brigadeiro do ar Mauro Bellintani e o comandante da Ala 3, Coronel-aviador  Luciano Pietrani. Na oportunidade, a comitiva italiana conheceu o importante trabalho realizado pela FAB na região Sul do Brasil.

Fotos: AEL Sistemas, Ascom V COMAR, 5DE/CMS

7 Comentários

  1. O Centauro 2 é a melhor escolha para o VBC Cav. Veículo blindado no estado da arte que não é um projeto de VBTP adaptado, que pode ser produzido no Brasil e que possui comunalidade logística com outros veículos que o Exército usa. E o carro é lindo demais.

  2. A parceria com a italia é a mais estratégica para o Brasil. Sempre demonstrou ser parceira do nosso país. O Centauro 2 não possui concorrentes. E a melhor carro da atualidade, desenvolvido e construído para cumprir a missão que o EB deseja.

  3. A versão de combate do M346 seria complementar ao Gripen e uma excelente plataforma de treinamento avançado.

    • Concordo, o M346 cai como uma luva na FAB.
      O Centauro II nem se fala. Não tem concorrente à altura. Que venha mesmo. E logo.

  4. A Ael Sistemas é uma empresa muito séria, referência na área de defesa. Muito bom ver que ela vai ser parte do projeto M346. A FAB precisa desse avião para formar os novos pilotos de caça e apoiar a frota de Gripen.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here