Comando de Operações Especiais revitaliza a Alameda dos Pioneiros

1
2046

Nossos heróis devem ser lembrados para servir de exemplo para as gerações futuras, com esse objetivo o Comando de Operações Especiais (COpEsp) prestou uma emocionante homenagem aos 16 pioneiros das operações especiais no Exército Brasileiro, que foi realizada ontem, dia 27 de outubro de 2020, com a cerimônia alusiva a revitalização da Alameda dos Pioneiros do complexo arquitetônico do Forte Camboatá, sede do Comando, em Goiânia (GO).

Ao longo da alameda, que já era integrante do complexo arquitetônico da organização militar desde novembro de 2011, foram expostas 16 esculturas, representando cada um dos militares que deram início às Operações Especiais no Exército Brasileiro, em 1957, no então Destacamento de Operações Especiais. A revitalização do espaço reforça os valores, tradições e preserva o legado deixado por esses militares.

O ministro da defesa, Fernando Azevedo, reverenciando a estátua de seu pai, Major Gilberto Antônio de Azevedo e Silva, o Pioneiro 001 (Foto Ministério da Defesa)

O ministro da defesa, Fernando Azevedo, esteve no COpEsp para prestigiar a cerimônia e também ser homenageado, pois é filho do Major Gilberto Antônio de Azevedo e Silva, o Pioneiro 001. “Estou emocionado por tudo que vivi junto com meu pai, pois acompanhei desde criança o esforço de cada pioneiro. A revitalização da alameda eterniza a memória desses militares”, disse o ministro.

O general de exército Joubert de Oliveira Brízida, o Pioneiro 009, que faleceu recentemente, foi homenageado na cerimônia. Tendo suas cinzas depositadas em sua estátua, por sua esposa.

Um dos momentos mais emocionantes, as cinzas do general Joubert de Oliveira Brízida, o Pioneiro 009, recentemente falecido, são depositadas em sua estátua (Foto COpEsp)

Além do Ministro, estiveram presentes na cerimônia diversas autoridades, dentre elas o Comandante do Exército, general de exército Edson Leal Pujol; o Chefe de Assuntos Estratégicos do Estado Maior Conjunto das Forças Armadas e antigo Comandante do Comando de Operações Especiais, general de Exército César Augusto Nardi de Souza;o Comandante de Operações Terrestres, general de Exército José Luiz Dias Freitas, o Comandante Militar do Planalto, general de divisão Rui Yutaka Matsuda e o general de brigada Antônio Marcos Moreira Santos, antigo Comandante de Operações Especiais e o Pioneiro 002 das Operações Especiais, o coronel Paulo Filgueiras Tavares.

O coronel Paulo Filgueiras Tavares, o Pioneiro 002, junto com o gen Fernando Azevedo, ao lado de sua estátua (Foto COpEsp)

 

Para o Comandante do COpEsp, general de brigada Gustavo Henrique Dutra Menezes, a importância do espaço está na possibilidade de unir o passado com o futuro. “Queremos ressaltar nosso compromisso com o futuro. A Alameda dos Pioneiros está em local de passagem obrigatória de todos os integrantes da instituição para justamente lembrarmos sempre da nossa responsabilidade junto às Operações Especiais e o fortalecimento do Exército Brasileiro”, destacou o General.

o gen , Fernando Azevedo recebe, do gen Dutra, Comandante do COpEsp, uma réplica da estátua de seu pai (Foto Ministério da Defesa)

Com informações e imagens da Comunicação Social do COpEsp e Ministério da Defesa

1 Comentário

  1. Muito legal ver a cultura de operações especiais enraizada em nossa tropa, ela jamais pode se dar ao luxo de ter apenas forças “convencionais”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here