Colômbia implanta grupo de elite GAULA no norte do país

0
619

Por Erich Saumeth (*)

O Comando Geral das Forças Militares Colombianas (CGFM) ordenou o desdobramento operacional de um de seus Grupos de Acción Unificada por la Libertad Personal (GAULA), na região de Montes de María, no norte deste país.

Esta unidade é composta por membros do Exército e do Corpo de Fuzileiros Navais da Colômbia e operam a critério do comandante das Forças Militares, sendo implantados em áreas onde é necessário reforçar os dispositivos anti-extorsão e na prevenção da ocorrência de sequestros.

Os seus membros são especialistas em operações de combate urbano e corpo a corpo, assalto aéreo, operações em corpos d’água, tiro de alta precisão e em missões de proteção, e a sua localização, no norte do país, é dada no desenvolvimento dos compromissos assumidos pelo Ministro da Defesa no Comitê de Segurança Ministerial realizada em setembro passado.

O Combate o Clã do Golfo

Entre os objetivos desta unidade está a desarticulação e captura de células do grupo criminoso conhecido como “Clã del Golfo” ou AGC (Autodefesas Gaitanistas da Colômbia), que cometem crimes na área, apesar das operações que já resultaram na captura de mais de 60 dos seus membros.

Cabe destacar o GAULA tem vindo a desenvolver operações de controlo e vigilância em coordenação com o Batalhão de Mobilidade (BAMOV) N.º 1, do Corpo de Fuzileiros Navais, através das suas Patrulhas Ligeiras de Combate (PLC), para as quais existem veículos da tipos AM General HMMWV M1151A1, como escolta, e M1097A2 para o transporte de tropas e material.

 

Como já foi estabelecido, essa unidade ficará na região por pelo menos 30 dias, operando tanto na área urbana quanto rural, acompanhando também a movimentação das empresas do Corpo de Fuzileiros Navais que estão na área.

 

Veja também

Estados Unidos treinam o Batalhão de Mobilidade da Armada Colombiana

Fuzileiros Navais colombianos implantam Batalhão de Mobilidade no norte do país

 

(*) Erich saumeth é analista e pesquisador colombiano em questões e assuntos de defesa, segurança e geopolítica, e colaborador de Tecnologia & Defesa na Colômbia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here