Colômbia compra mais quatro T-6C Texan II

Por Santiago Rivas (*)

A Força Aérea Colombiana (FAC) assinou, em 14 de dezembro, o contrato de compra de mais quatro aeronaves Beechcraft T-6C Texan II com a Textron Aviation Defense por um total de 41 milhões de dólares, ampliando a frota deste modelo para dez aeronaves. Um primeiro lote de quatro aeronaves foi adquirido em 2020 para substituir os antigos Cessna T-37 Tweet, que foi seguido por outras duas aeronaves em 2021. A intenção da força é atingir duas dúzias de Texan II, então um novo contrato para as aeronave restante deverá ser assinada posteriormente.

Os aviões farão parte da Escola Internacional de Asa Fixa (ESIAF) que faz parte do Comando de Combate Aéreo nº 1 (CACOM-1) na Base Aérea Germán Olano em Palanquero, em Puerto Salgar, Cundinamarca.

Os aviões serão pagos em diferentes parcelas entre este ano e 2026 e a compra foi feita por contratação direta, já que a Textron é “fabricante da aeronave de treinamento militar T-6C, proprietária do certificado de tipo e detentora dos direitos de propriedade industrial”, conforme documento onde é decidida a compra. As entregas serão de uma aeronave por ano entre 2023 e 2026.

O Texan II é utilizado para o treinamento de pilotos de caça que vêm da Escola de Aviação Militar ou da pilotagem do Embraer Tucano no CACOM-2, em Apiay.

(*) Santiago Rivas é jornalista e fotógrafo argentino, especializado em defesa, editor da revista Pucará Defensa e colaborador de Tecnologia & Defesa na Argentina

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

Variante com uma nova torre é  apresentada na feira de Paris A BAE Systems está apresentando o CV90MkIV com uma...

Na quarta-feira (12), o mercado de defesa se agitou com a notícia divulgada pelo portal britânico Janes de que o...

A AVIBRAS Indústria Aeroespacial S/A, que em tempos passados foi considerada uma das maiores empresas  de defesa do mundo, mas...

Empresas brasileiras destacam inovações e capacidades no cenário internacional A Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança...

Comentários

Uma resposta

  1. Quero ver algo similar na FAB, ta chegando ja a hora de pensar no MID LIFE dos A29 e em compras de reposição

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL