Chile negocia três Boeing E-3D Sentry com a Grã-Bretanha

Por Santiago Rivas (*)

A Força Aérea do Chile (FACh)está negociando, desde setembro de 2021, a compra de três Boeing E-3D Sentry (denominados de Sentry AEW 1) dos sete que a Royal Air Force (RAF) operou entre 1991 e agosto de 2021 (embora uma exemplar  tenha permanecido operacional pelo menos até outubro), sendo que um seria usado como peças de reposição (“spare parts”).

A informação foi divulgada no Twitter do jornalista George Allison e posteriormente confirmada por fontes chilenas, que indicaram que, no final de 2021, militares da FACh viajaram para a Grã-Bretanha para iniciar a transferência da aeronave processo. Além disso, desde setembro de 2021, da Grã-Bretanha, relatou o interesse chileno nessas aeronaves.

Os E-3Ds são procurados para substituir o Boeing 707-358C Phalcon (conhecido como “Cóndor”), modificado em Israel, pela IAI, para alerta aéreo antecipado na década de 1980, que está no fim de sua vida operacional, e ampliaria significativamente a capacidade do FACH para esse tipo de missão, pois teria duas aeronaves em vez de uma, com motores e aviônicos mais modernos, radares e sistemas muito mais sofisticados e a capacidade de reabastecer em voo.

Dos sete E-3Ds que foram operados pela RAF, um foi sucateado, um foi vendido para a Marinha dos EUA e os outros estão em um depósito em Waddington, em Lincolnshire.

As aeronaves selecionadas pela FACh seriam as com matrículas ZH 101 (c/n 24109/993, batizada de “Doc”, operacional até pelo menos outubro de 2021), ZH 103 (c/n 24111/1004, batizada de “Happy”, dada descomissionada setembro de 2021) e ZH 106 (c/n 24114/1011, batizado de “Grumpy”, desativado em setembro de 2021).

 

(*) Santiago Rivas é jornalista e fotógrafo argentino, especializado em defesa, editor da revista Pucará Defensa e colaborador de Tecnologia & Defesa na Argentina

 

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

No dia de hoje, 17 de abril, no Quartel General do Exército (QGEx), o general de exército Fernando José Sant’ana...

Nesta segunda-feira, dia 15 de abril, o Destacamento de Aviação do Exército no Comando Militar do Norte (Dst Av Ex/CMN)...

Começou no ultimo domingo, dia 14 de abril, a Operação “Jeanne d’Arc 2024”, exercício realizado pela Marinha do Brasil (MB)...

Santiago Rivas (*) Na manhã de hoje, 16 de abril, foi finalmente assinado o contrato de aquisição das 24 aeronaves...

Comentários

Uma resposta

  1. Matéria interessante! Parabéns! Como seriam essas aeronaves em comparação aos Embraer que a FAB possui?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL