Carta do Presidente do SIMDE à revista Época

6
819

Prezado Editor,

Em relação ao artigo publicado na revista Época, intitulado “Exército volta a matar na pandemia”, assinado por Luiz Fernando Viana, o SIMDE – Sindicato Nacional das Indústrias de Materiais de Defesa vem dar o seu testemunho sobre a ação das Força Armadas e, particularmente do Exército, na Pandemia e que desmentem o título da matéria em tela. De fato, a Base Industrial de Defesa foi instada e se aliou aos diversos Comandos Conjuntos em todas as regiões do país no sentido de combater a pandemia do Covid-19. Essa parceria forneceu respiradores, álcool em gel, equipamentos de proteção e muito mais, distribuídos por todo país em ação que reuniu Exército, Aeronáutica e Marinha em prol da população brasileira.

Infelizmente embates ideológicos e disputas de natureza política estão a embaçar essa realidade e não poderíamos nos calar diante da injustiça que o articulista comete com nossas Forças Armadas.

SIMDE – Sindicato Nacional das Indústrias de Materiais de Defesa
Carlos Erane de Aguiar – Diretor-Presidente

6 Comentários

  1. Essa guerra cultural, político-ideológica, cegou e continua a cegar muita gente… Por óbvio existem muitas e justas reclamações contra o atual governo, pelas patacoadas que nosso presidente tem feito e falado no combate a essa pandemia… Mas é óbvio, também, que boa parte da imprensa brasileira não ajuda no entendimento do que efetivamente está acontecendo, criando situações e inventando narrativas, como esta de quê “O Exército está matando na pandemia”, o que faz com quê parte da população, mesmo discordando do governo nas suas ações, acabe com enxergar a óbvia e estúpida cruzada contra tudo e todos que a imprensa faz, voltando a carga com sua agenda político-militante (política de gênero, falsa defesa de minorias, etc, etc, etc….). Agenda essa que fez, justamente, a pavimentação da eleição do atual presidente, ou seja, no fim, acabam por fortalecer suas posições estúpidas, já que fica evidente que a interlocução opositora continua a inventar e/ou criar situações diversas da realidade… Perde-se credibilidade com isso. O Presidente agradece e o país entra numa espiral descendente…

  2. Talvez estupida seja está militância, travestida de análise conjuntural dos reais acontecimentos, vide que o atual governo sequer possui a condição de governar serenamente, pois as campanhas contra e caluniosas seguidamente desrespeitam a figura maior da República e fortalece o braço ideológico contrário na ânsia de voltar ao poder. Ser oposição legítima não pode aceitar termos pejorativos e principalmente recalque as aspirações da nação. Chega de aceitar este jogo sujo e criminoso que foi e está sendo executado. Aliás única posição que resvala nestas condições e’ a cegueira de quem julga estupidez aquilo que ele discorda mas outros não…e assim segue o jogo daqueles eleitos pela maioria…

    • Você está se referindo a calúnia contra o governo e se esquece o quanto calunioso é esse desgoverno. Produtor de notícias falsas. Mas obvio que seu interesse aqui não é ver a realidade.

  3. Um verdadeiro e sujo jogo de interesses escusos que só atrapalha a nação. O PR está sendo até impedido de governar, mesmo tendo sido eleito por mais de 50 mi de eleitores, por uma ação absurda de ministros de um supremo que se acha o senhor da verdade e se mete em tudo que não lhes condiz e ainda ficam dando voz a partidos minúsculos(fora os de sempre da “esquerda”) que só pensam em “seus” pleitos ideológicos e de poder , que não aceitaram, até hoje, a derrota nas eleições e que com tudo isso ,mesmo atrasando o desenvolvimento do país(pois parar eles não conseguem) acabam, ao tentar fazer propaganda negativa do governo, fazendo a melhor propaganda que há( a boca a boca) pois falam no PR o dia inteiro e assim como o foi nas eleições de 2018, mais ainda o será em 2022. Melhor JAIRem se acostumando!!!

    • E, sobre o tema em questão, tentam manchar as forças armadas com o vermelho de suas bandeiras mas jamais conseguirão !!!!

  4. Não é de hoje que a mídia mainstream brasileira tenta descreditar as FFAA. À muito tempo ocorrem ataques desta forma, covardes e irresponsáveis.

    Isso ocorre pois perante a opinião pública as FFAA tem mais credibilidade do que a imprensa de grande rodagem.

    Avante FFAA do Brasil!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here