Canadá vai de Sea Ceptor

A MBDA recebeu um contrato da Lockheed Martin Canada para fornecer o sistema de armas de defesa aérea Sea Ceptor para equipar as futuras fragatas do programa “Canadian Surface Combatant” (CSC).

Utilizando como base o CAMM (“common anti-air modular missile”), o Sea Ceptor assumirá a função de sistema de defesa aérea aproximada (“close-in air defense System” – CIADS), oferecendo desempenho de autodefesa, com um tempo de resposta rápido e uma alta cadência de disparos para enfrentar várias ameaças simultaneamente.  A tecnologia de lançamento vertical (“soft vertical launch” – SVL) de última geração permite cobertura total de 360 ​​°, com desempenho de curto alcance normalmente associado apenas a sistemas de maiores.

O sistema será integrado ao “combat management system 330” (CMS330), da Lockheed Martin Canada, como parte de uma capacidade de defesa aérea em camadas, e seus mísseis serão armazenados em grupos de quatro no sistema de lançador extensível da Lockheed Martin (ExLS), que faz parte da família Mk41.

A participação da MBDA no programa CSC vai gerar um impacto positivo na indústria de defesa local e em sua cadeia de suprimentos, por meio da política de benefícios industriais e tecnológicos (ITB). Este contrato trará investimentos significativos da MBDA em pesquisa e desenvolvimento para o Canadá em uma ampla gama de tecnologias, como inteligência artificial, segurança cibernética e materiais avançados.

As inversões serão feitas em pequenas e médias empresas (PMEs), universidades e outras indústrias importantes em todo o país. O programa CSC fortalecerá ainda mais a parceria entre a MBDA e a Lockheed Martin Canada, que já viu o Sea Ceptor e o CMS330 como provedores de defesa antiaérea para a Marinha Real da Nova Zelândia e a Armada do Chile.

Fonte: MBDA

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

A empresa grega EODH, em parceria com a belga-espanhola DUMA e a alemã KNDS in Deutschland (antiga Krauss-Maffei Wegmann), apresentou um...

No dia 08 de maio de 2024 acontecerá Helipark, em Carapicuíba, na Região Metropolitana de São Paulo (SP), a Conferência de Aviação Policial –...

Os anos pioneiros da era do jato na Aviação de Caça da Força Aérea Brasileira foram marcados pela operação de...

A Comissão do Exército Brasileiro em Washington (CEBW) publicou, na última sexta-feira, dia 19 de abril, um pedido de cotação...

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL