Brasil Vida Táxi Aéreo transportou pacientes expostos ao COVID-19

Um navio de cruzeiro não pode sair de Puerto Montt*, no Chile, devido à possível
exposição de turistas ao novo coronavírus (COVID-19).

Turistas que estavam a bordo precisaram ser repatriados aos seus respectivos países, utilizando transporte aeromédico.

Algumas empresas de UTI aérea ao redor do mundo foram procuradas para efetuar a operação e a empresa Brasil Vida Táxi Aéreo foi uma das selecionadas.

Foram realizadas cinco operações pela empresa do final de março ao início de abril em aeronaves configuradas como UTI aérea.

A equipe utilizou equipamentos de proteção individual (EPIs), dentre eles o macacão impermeável, protetor facial (faceshield), máscara própria, luvas de procedimento dupla, botas impermeáveis, capsula de isolamento, etc., seguindo protocolos brasileiros e internacionais da Organização Mundial de Saúde.

*Puerto Montt é uma cidade portuária na região dos lagos do Chile, no sul, conhecida como porta de entrada para as montanhas dos Andes e os fiordes da Patagónia.

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

No dia 19 de junho, o Centro de Avaliações do Exército (CAEx) concluiu a avaliação operacional do lote-piloto do Míssil...

Diretor de Operações da PRF e Coordenador do CORE-RS apresentarão suas experiências no atendimento à calamidade gaúcha em evento aberto...

A participação da MBDA na Eurosatory reforçou o comprometimento e a eficiência do grupo europeu em oferecer soluções de defesa...

A Condor Tecnologias Não Letais anunciou detalhes dos integrantes do Conselho de Administração, após a recente aquisição de uma participação...

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL