As novas lanchas blindadas da Polícia Federal

1
4008

A Gespi Aeronáutica e Defesa Militar, empresa estratégica de defesa que esta há 47 anos no mercado desenvolvendo projetos e produtos especiais para a indústria de defesa e de segurança pública, entregou, dia 27 de setembro, duas lanchas blindadas Aruanã 29FT para a Superintendência Regional da Polícia Federal no Estado do Amazonas.

A entrega contou com a presença do superintendente da Policia Federal, delegado Leandro Almada, o diretor de Administração e Logística Policial, delegado André Viana Andrade, além de todos os servidores e colaboradores da Regional, e foi realizada no Núcleo de Polícia Marítima (NEPOM).

O diretor de Administração e Logística da Polícia Federal, delegado André Viana, durante a cerimônia de entrega (Foto: Gespi)

As lanchas Aruanã 29FT – TT, contam com três motores de 300 HP, chegando à velocidade de 54 nós (100 km/h), proteção balística, suportes para armamento, equipamentos de visão termal e noturna, sistema de intercomunicação, GPS, sonar, rádio marítimo, dentre outros acessórios. Possui, ainda, capacidade para oito tripulantes sentados e tanque de 900 litros de combustível que permite mais de 6 horas de autonomia. Outros modelos da família de lanchas militares blindadas Aruanã também já operam na região amazônica, adquiridas pela Marinha do Brasil, Secretaria de Segurança Pública dos Estados do Amazonas e do Pará.

A aquisição teve como objetivo a abordagem e interceptação policial visando as “demandas de segurança pública da população e intensificação do combate aos crimes de descaminho, contrabando e tráfico de drogas nas áreas portuárias e de fronteira”, conforme descrição do processo licitatório que levou à compra, e contaram com rígidos requisitos da Polícia Federal do Amazonas para composição de suas novas “viaturas costeiras”. Tais requisitos foram imprescindíveis e indispensáveis, dado o histórico de atuação da Polícia Federal na região: os problemas enfrentados com embarcações anteriormente adquiridas, confrontos com criminosos e, inclusive, óbitos resultantes dos confrontos nos quais se utilizava lanchas de passeio adaptadas.

A Gespi saiu vencedora da licitação internacional que contou com a presença de diversas empresas, tendo a Aruanã 29FT – TT cumprido todos os requisitos, em grande parte devido as configurações personalizáveis da embarcação.

“A associação de segurança, robustez, tecnologia, confiabilidade e durabilidade se encontram e compõe este produto”, como afirma Orlando Picolini, vice-presidente executivo da empresa. “Agradecemos o voto de confiança que a Polícia Federal depositou na Gespi, uma empresa 100% brasileira. Não foi fácil vencer um processo de concorrência internacional com grandes empresas estrangeiras. Isso só aumenta nossa responsabilidade em mostrar que as empresas brasileiras também são capazes de entregar produtos com qualidade”, acrescenta Orlando Picolini.

Com informações e imagens da Gespi

1 Comentário

  1. Lancha bacana hein, lembra um pouco a Raptor da DGS. Parabéns a Gespi , empresa nacional se mostrando capaz de suprir demandas da defesa nacional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here