Ares cria espaço de instrução na AMAN

0
1493

No ultima quinta-feira, dia 09 de setembro, durante a cerimônia de despedida do general de divisão Luis Antônio Duizit Brito, chefe do Departamento de Ciência, Tecnologia
e Inovação da Secretaria de Produtos de Defesa do Ministério da Defesa e que irá passar para a reserva no próximo dia 13 de setembro, na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), foi anunciada a parceria desta organização militar com a empresa Ares Aeroespacial e Defesa para criação de um espaço de instrução para estreitar o processo de transferência de conhecimento, que é extremamente importante para à Força Terrestre.

O espaço que está sendo preparado servirá de ambiente de aprendizado, principalmente, para a operação e manutenção do sistema de armamento remotamente controlado (SARC) REMAX, um projeto em parceria da empresa com o Departamento de Ciência e Tecnologia (DCT), e deverá contar com o sistema de simulação STARMAX. Essa importante parceria com o Exército, vai possibilitar que a empresa auxilie o ensino e aprendizado na AMAN, beneficiando os cadetes do curso de Material Bélico.

Com essa instalação, a Ares pretende contribuir com a formação dos cadetes, os quais poderão operar e simular manutenções no REMAX, atualmente, o principal sistema de armas do Projeto Estratégico do Exército (Prg EE) GUARANI. Assim, os futuros oficiais, quando chegarem à tropa com esse conhecimento, poderão colaborar significativamente com suporte ao ciclo de vida do material.

Novas Salas

Durante a cerimônia, além do anuncio da parceria AMAN/ARES, ocorreram outros eventos importantes:

  • Inauguração da nova sala de Propelentes e Pólvoras para munições, mísseis, foguetes e bombas, que foi desenvolvida em parceria com a IMBEL e Nitroquímica do Brasil, além de contar com doação de um míssil anticarro MSS 1.2 da SIATT. Esta sala conta com todos os tipos de pólvoras, munições e propelentes desenvolvidos pelas empresas, além de toda preparação antichama para a condução das instruções dos cadetes no que há de mais moderno em termos de tecnologia de mísseis, foguetes, explosivos e munições;
  • Inauguradas três instalações em parceria com a Michelin, no novo Pavilhão Escola de Manutenção: uma borracharia escola, um laboratório de pneus e uma sala de instrução totalmente customizada para o aprendizado específico sobre pneus de viaturas leves e pesadas;
  • A FPT IVECO doou um motor Cursor 9, o sistema de forças da VBTP-MSR 6X6 Guarani, para o espaço da empresa na AMAN, que se soma simulador de operação do Guarani (MAI);
  • Apresentação do novo simulador do fuzil IA2, desenvolvido em parceria do Comando de Operações Terrestres (COTER) e o SENAI/FIRJAN do Rio de Janeiro, simulador este que possibilita o estudo do novo fuzil de assalto do Exército por meio de aplicativo de smartphone, tablets ou computadores e que irá reformular o estudo dos armamentos leves. Este simulador somado ao novo software de estudo do funcionamento dos armamentos leves adquirido pelo Curso com o patrocínio do Clube da Graxa.

Além das parcerias citadas, a AMAN já possui espaços semelhantes com as empresas CBC/Taurus (munições e armas de fogo), Jaguar/Land Rover (automotivo), Condor (sistemas não letais) e Cristanini (equipamentos de descontaminação/DQBRN), e esta tratando a implantação de parcerias com as empresas SAAB (sistemas antiaéreos e redes de camuflagem) e BASF (pintura), que proporcionarão outros espaços de ensino prático.

Essas parcerias possibilitam uma nova era no ensino-aprendizagem dos equipamentos e na qualidade do conhecimento dos futuros oficiais de Material Bélico, colocando-os em contato prático com o que há de mais moderno no mercado brasileiro e no mundo.

Com informações e imagens da ARES e ComSoc da AMAN

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here