Aquicultura sul-americana recebe o terceiro Falcon

Ideal para o trabalho em aquicultura, o terceiro Seaeye Falcon foi entregue à Underdeep Solutions, sediada no Chile.

A confiabilidade no trabalho em locais extremamente remotos é uma das principais razões para o acréscimo do Falcon à frota, comenta a Underdeep Solutions.

Avaliado como o melhor veículo robótico subaquático da classe em todo o mundo, o Falcon mais recente da Underdeep, especializada em inspeção e apoio para fazendas piscícolas em todo o Chile e região, é a segunda versão com classificação de mais de mil metros de profundidade.

Hoje, os três Falcons da Underdeep trabalham a plena capacidade nas instalações aquícolas da principal empresa do setor, a Salmones Camanchaca.

Além disso, a Underdeep Solutions vem trabalhando há vários anos na remoção de estruturas das concessões da Salmones Camanchaca, conforme exigem as regulamentações locais vigentes, em observância ao plano em andamento de remoção de estruturas de toda a empresa.

Além da inspeção de redes e amarrações, a Underdeep emprega seus Falcons, equipados com manipuladores, para executar tarefas leves em torno de fixações e boias, bem como para coletar e recuperar itens.

O novo Seaeye Falcon DR conta com um manipulador de cinco funções e um cortador de cordas macias, uma câmara HDTV Kongsberg, uma câmara de marcha a ré P&B, um sonar multifeixe Blueview e um USBL de acústica aplicada altamente sofisticado, que está agora instalado em todos os Falcons da Underdeep.

Visão dos pilotos

O sucesso do Falcon nas atividades aquícolas da Underdeep provém da sua reforçada confiabilidade, favorecida pelos seus pilotos por trabalharem em locais isolados e pela sua potência, agilidade e estabilidade em fortes correntes cruzadas e condições adversas, ao mesmo tempo que leva cargas pesadas de equipamentos.

O conceito de renome mundial da Falcon resulta da criação de um veículo altamente confiável, equipado com cinco potentes propulsores e com a energia inteligente e a arquitetura de controle distribuído do iCON™, da Saab Seaeye, tudo integrado em um veículo de dimensões reduzidas e de fácil manuseio, compatível com diversas ferramentas e sensores para a condução de atividades complexas e desafiadoras.

A Underdeep também avalia o acréscimo de um Seaeye Cougar XTI à sua frota de veículos. O Cougar tem classificação para 3.000 m e conta com seis potentes propulsores SM7 e com o sistema de controle iCON™ da Seaeye, tornando-o ideal para o manuseio de equipamentos robustos em correntes fortes, ao mesmo tempo que efetua manobras em estruturas complexas.

Além das operações de apoio à aquicultura, a Underdeep atua em diversas outras frentes em toda a América do Sul, entre elas a recuperação de naufrágios, inspeção de túneis e apoio offshore.

De suma importância para o estabelecimento da frota da Underdeep Solutions, a distribuidora da Saab Seaeye atuante nos países de língua espanhola, a Marine Vision, foi responsável pelo fornecimento dos três veículos à Underdeep e está à frente das atividades de suporte técnico pós-vendas, em colaboração com a equipe técnica da Saab Seaeye.

A Underdeep Solutions é uma empresa estabelecida na América do Sul que presta serviços de apoio ao segmento de aquicultura e outras operações subaquáticas, como inspeções de túneis e atividades offshore na região.

Fonte: Saab Press Centre

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

No dia de hoje, 24 de maio, a Agência de Cooperação de Segurança de Defesa (Defense Security Cooperation Agency – DSCA)...

A capital turca, Istambul, foi palco de discussões sobre segurança e defesa nos dias 21, 22 e 23. A Feira...

De acordo com a portaria nº 443-COTER/C Ex, o Exército Brasileiro (EB), através do Comando de Operações Terrestres (COTER), constituiu...

Após um breve período de calmaria, que parecia que a tragédia ambiental no Sul estava chegando ao seu final, uma...

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL