Apresentação do Módulo de Proteção Cibernética Tático

No dia 2 de fevereiro, nas instalações da Companhia de Comando e Controle (Cia C2), ocorreu uma demonstração do Módulo de Proteção Cibernética Tático (MPC), desenvolvido por um grupo de trabalho composto por militares de diversas OM que atuam na área de cibernética, com objetivo de reduzir vulnerabilidades dos Sistemas de Comando e Controle em campanha.

Na ocasião, compareceram representantes do Centro Integrado de Telemática do Exército (CITEx), 7° Centro de Telemática de Área (7º CTA), Centro de Desenvolvimentos de Sistemas (CDS), 1° Batalhão de Guerra Eletrônica (1º BGE), Escola de Comunicações, Centro de Instrução de Guerra Eletrônica (CIGE), Comando de Defesa Cibernética (ComDCiber), Centro de Defesa Cibernética (CDCiber) e Comando de Comunicações e Guerra Eletrônica do Exército (CCOMGEX), além do supervisor do Programa Estratégico do Exército Defesa Cibernética (PrgEE DCiber), onde observou-se a eficácia da atuação da solução em ambiente hostil, mesmo sob tentativas de intrusão.

O MPC faz parte de uma entrega do Projeto Força Cibernética, componente do Prg EE DCiber.

Fonte: EPEx

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) planeja testar uma das mais avançadas tecnologias de imageamento por satélite. Isso será...

A IACIT fortaleceu sua posição no mercado ao estabelecer uma colaboração estratégica com a Omnisys Engenharia, subsidiária da Thales, e a Meteomatics,...

A MBDA assinou uma emenda contratual com a Organização para Cooperação Conjunta em Armamento (OCCAR) para aumentar as capacidades técnicas...

A equipe de Tecnologia & Defesa esteve a bordo do super navio-aeródromo USS George Washington (CVN 73), um navio de...

Comentários

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL