Apoiando o REMAX

2
3398

A ARES Aeroespacial e Defesa inaugurou mais uma base de apoio logístico para atender as unidades do Exército Brasileiro (EB) equipadas com o sistema de armas remotamente controlado (SARC) REMAX. Localizada na cidade de Uruguaiana (RS), esta é a segunda unidade fora do Rio de Janeiro (RJ). Já em 2019 foi estabelecida a primeira no 15º Batalhão Logístico (15º B Log), em Cascavel (PR).

Em Uruguaiana serão atendidos o 8º Regimento de Cavalaria Mecanizado (8° RC Mec) e outras organizações militares em mais sete cidades da região: Quaraí, Santana do Livramento, Bagé, Jaguarão, Santa Rosa, São Borja e Itaqui.

De acordo com Frederico Medella, diretor de Marketing da ARES, essas bases têm como objetivo fortalecer a parceira com o EB. “Estamos incrementando o atendimento de suporte logístico para os sistemas distribuídos pelo Brasil”.

A nova base contará com uma equipe que supervisionará as manutenções de primeiro escalão, realizadas pelo EB, e fará as de segundo. “Nosso contrato prevê a execução e supervisão das manutenções de 1° e 2° escalão e a transferência de capacidade para organizações militares”.

O SARC REMAX é uma estação de armas remotamente controlada, giro-estabilizada, para metralhadoras 12,7mm e 7,62mm, resultado de um projeto ambicioso, iniciado em 2006, com objetivo de desenvolver a primeira estação de armas 100% nacional. É dotação de diversas unidades da VBTP-MSR 6X6 Guarani e irá equipar as futuras VBMT-LSR 4X4 Iveco LMV, na versão de reconhecimento.

Com a distribuição dos próximos lotes do REMAX, que em 2021 comemora 15 anos, a empresa prevê instalar mais bases de apoio pelo Brasil. “Fora o Paraná e agora o Rio Grande do Sul, os atendimentos do REMAX distribuídos nos Estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais são suportados pela nossa sede. Mas, verificando a necessidade do Exército, podemos sim inaugurar outras bases”, declarou Medella.

Veja também

ESPECIAL TECNOLOGIA NACIONAL: SARC REMAX

SARC REMAX – Integração no VBTP Guarani

2 Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here