Alemanha reforça a capacidade de defesa aérea da Ucrânia

Proporcionar o acesso de países à sistemas de defesa aérea de última geração é uma das principais prioridades e missões da Hensoldt. A casa alemã de sensores, especializada no desenvolvimento de sistemas de última geração para aplicação civil e militar e provados em centenas de situações reais acaba de entregar para a Ucrânia mais dois radares de vigilância aérea TRML-4D, por meio de um gesto de solidariedade do governo alemão àquele país.
Hoje, seis radares desses tipo já estão em operação e, a estes, outros dois devem ser entregues pelo governo de Berlim futuramente, o que vai elevar a 10 o número de TRLM-4D em serviço pelas forças armadas ucranianas.
O radar é o principal sensor do sistema de defesa aérea IRIS-T SLM, do qual três já foram entregues à Ucrânia com a expectativa do repasse de um quatro em breve. Mas além disso, o radar também pode atuar de forma independente como uma estação de radar.
Na Ucrânia, essa versatilidade o torna peça-chave no alerta aéreo antecipado capaz de detectar alvos aéreos num alcance de até 250km, sendo uma unidade móvel controlada à distância que trabalha incorporado à família de radares em banda C (banda G da OTAN) da Hensoldt. Como sistema de sensores definido por software, este garante a viabilidade futura e flexibilidade operacional, adaptando-se às exigências em constante mudança do teatro de operações aéreas.


Utilizando tecnologia de varredura eletrônica ativa (AESA) baseada em Nitreto de Gálio, o TRLM-4D pode detectar, seguir, classificar e atribuir armas para tingir os alvos a curtas ou longas distâncias, especialmente contra mísseis de cruzeiro pequenos, rápidos e manobráveis, aeronaves e helicópteros. Assim, a Ucrânia fortalece a sua capacidade de defesa aérea ante os desafios presentes e futuros, assegurando maior proteção para sua população e seu território.
A provisão destes sistemas de radar da Alemanha à Ucrânia não só reflete o compromisso contínuo com a defesa e a soberania daquele país, mas ressalta a importância de uma colaboração internacional para a manutenção da paz e segurança.

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

Na tarde de hoje, 27 de maio, um comboio com três viaturas blindadas de transporte de pessoal (VBTP) 6X6 Guarani,...

No dia de hoje, 24 de maio, a Agência de Cooperação de Segurança de Defesa (Defense Security Cooperation Agency – DSCA)...

A capital turca, Istambul, foi palco de discussões sobre segurança e defesa nos dias 21, 22 e 23. A Feira...

De acordo com a portaria nº 443-COTER/C Ex, o Exército Brasileiro (EB), através do Comando de Operações Terrestres (COTER), constituiu...

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL