Alemanha encomenda mais mísseis BVR Meteor da MBDA (Luftwaffe)

1
1023
Meteor on German Air Force (Eurofighter Typhoon).

 

Os HAS, abrigos reforçados de aeronaves, uma herança da Guerra Fria, podem abrigar um caça e seu material de apoio. Na foto, dois Typhoon do JG 74 respondem ao acionamento do QRA em Newburg. (Foto: Roberto Caiafa)

A MBDA recebeu uma ordem para construir mais mísseis BVR Meteor além dos mísseis ar-ar de alcance visual da Força Aérea Alemã (Luftwaffe).

O Meteor é o míssil ar-ar mais avançado do mundo e possui um sistema de propulsão ramjet exclusivo que lhe permite voar mais longe e mais rápido do que qualquer outro, e assim derrotar alvos manobrando mesmo em distâncias extremas.

Base Aérea de Neuburg Donau (Jagdgeschwader 74) e o míssil Meteor.

Éric Béranger, CEO da MBDA, disse: “O programa Meteor pode ser considerado o programa de cooperação de defesa mais bem-sucedido da Europa, reunindo as melhores tecnologias de seis países europeus para oferecer uma capacidade militar comum que é verdadeiramente revolucionária. Estamos muito satisfeitos em receber este contrato adicional do cliente alemão como um compromisso adicional com a Meteor como a principal arma de domínio aéreo do Eurofighter. ”

Assinado em 16 de dezembro, o contrato foi adjudicado à MBDA pelo Instituto Integrado de Programas Meteoros (IJPO) em nome do Escritório Federal Alemão de Equipamento Bundeswehr, Tecnologia da Informação e Suporte em Serviço (BAAINBw).

Ao contrário dos mísseis ar-ar tradicionais que voam sem energia durante a maior parte de seu trajeto (apenas com o impulso inicial de lançamento), limitando sua capacidade de atingir alvos ágeis a longas distâncias, o motor scram jet do Meteor fornece impulso sustentado a velocidades superiores a Mach 4 até o impacto contra o alvo – dando ao Meteor uma “no scape zone” incomparável (no scape zone é aquela faixa de alcance do míssil onde a probabilidade de acerto é de 100%).

Agora o Meteor está liberado para o serviço de linha de frente com todas as aeronaves de caça domésticas da Europa, Gripen, Eurofighter e Rafale.

1 Comentário

  1. Se não me engano o Brasil tem um pedido de 100 dessas belezinhas. Um míssil de 1ª linha para equipar nossos Gripen. Abraços a todos! Feliz ano novo!.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here