AGR se moderniza com equipamento de medição laser

No dia 28 de fevereiro, o Arsenal de Guerra do Rio (AGR), subordinado à Diretoria de Fabricação (DF) do Exército, realizou o treinamento para operar o equipamento de medição a laser B285 MK2 Laser Gage, adquirido no contexto do aumento da confiabilidade metrológica e da capacidade produtiva de seus morteiros de 120, 81 e 60 mm.

O treinamento foi dividido em duas etapas: a primeira abordou assuntos relativos à instalação e configuração do sistema software (B285 System Software) e dos acessórios do equipamento relacionado à montagem e ajustes dos calibres (anéis padrão). Já a segunda foi baseada na utilização do equipamento, no qual os participantes foram instruídos ao procedimento de inspeção final de montagem, verificação, acionamento, calibração e utilização. Ao concluir essas etapas, foi realizada uma simulação, onde os participantes aplicaram os conceitos na medição interna de um corpo de prova do tubo do morteiro 120 mm (Mrt P 120 M2 R).

Este equipamento permite realizar a inspeção dimensional em interiores de tubos lisos e raiados, por meio de feixes de laser em faixa de trabalho de medição do diâmetro interno para tubos de 76 a 160 mm, viabilizando o estudo para o emprego do AGR na inspeção e fabricação de tubos de outros calibres, tais como 90, 105 e 155 mm.

Neste contexto, o AGR e o Sistema de Fabricação poderão atuar diretamente nas inspeções metrológicas de novos equipamentos, com destaque para os tubos de calibre 120 mm que dotarão as recém adquiridas viaturas blindadas de combate de cavalaria Sobre Rodas (VBC Cav) 8X8 Centauro II (cuja torre poderá ser montada no AGR, dentro do pacote de offset do projeto), ou de outras viaturas deste calibre, independente de serem de alma lisa ou raiada, e das futuras viaturas blindadas de combate – morteiro (VBC Mrt) 6X6 Guarani, em processo de obtenção pelo Exército Brasileiro, demonstrando a busca contínua do AGR por aumentar seu portfólio de produtos e serviços em prol da Força Terrestre.

Com este equipamento, o Controle de Qualidade do AGR passará a realizar a medição interna nos tubos de seus morteiros, de forma independente, otimizando suas capacidades técnicas e produtivas, no intuito de atender às novas demandas no tocante ao aumento da capacidade produtiva e a garantia da conformidade.

Com informações do Arsenal de Guerra do Rio

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

A AVIBRAS Indústria Aeroespacial S/A, que em tempos passados foi considerada uma das maiores empresas  de defesa do mundo, mas...

Empresas brasileiras destacam inovações e capacidades no cenário internacional A Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança...

Para celebrar os feitos dos mais de 25 mil homens e mulheres brasileiros que lutaram na 2ª Guerra Mundial, o...

Desde 1º de janeiro de 2023, o dr. Artur José Dian ocupa o cargo de Delegado-Geral da Polícia Civil do...

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL