ÁREA DO CLIENTE

Acordo para o Mistral 3

Acordo entre França, Bélgica, Chipre, Estônia e Hungria, assinado em 19 de junho, celebra a cooperação estratégica para a aquisição conjunta do sistema de defesa antiaérea terrestre Mistral 3.

Coordenado pela Direção Geral de Armamentos (“Direction générale de l’armement” – DGA), órgão do governo francês, com o apoio da MBDA, esta iniciativa oferece às nações parceiras acesso a um processo de aquisição aprimorado que atende aos seus requisitos. Outros países também já manifestaram interesse em juntar-se ao grupo inicial.

Eric Béranger, CEO da MBDA, declarou que “esta cooperação é um grande avanço no fortalecimento das capacidades de defesa da União Europeia e de seus estados membros, contribuindo para a soberania e segurança coletivas. Este acordo impulsionará a eficiência e aumentará a resiliência da base industrial de defesa europeia”.

O Mistral 3, atualmente em serviço no Exército Francês e  outros usuários, é um míssil que tem um buscador de imagem infravermelha e capacidades avançadas de processamento de imagem. Com taxa de sucesso de mais de 96% e a melhor confiabilidade entre todos os sistemas de defesa antiaérea de curto alcance, tem a capacidade de engajar alvos com baixas assinaturas térmicas, como drones, mísseis turbojato e embarcações de ataque rápido. No Brasil, o sistema numa versão mais antiga, é (ou foi) utilizado pelo Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil.

Assinatura de Cooperação entre os países (Crédito DGA)

Fonte: MBDA

COMPARTILHE