A MÃO AMIGA do Exército na tragédia das chuvas na Região de Belo Horizonte

0
2096

Apesar de não divulgado pela grande mídia, o Exército Brasileiro (EB) auxiliou as vítimas da tragédia da Chuvas na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), mostrando está sempre pronto para auxiliar a população brasileira em seus momentos de necessidade.

Entre quinta (23) e sexta-feira (24), a Região Metropolitana de Belo Horizonte registrou o maior volume de chuvas de sua história desde que essas medições são realizadas, há 110 anos. Foram 171,8 mm em 24 horas, que causaram mais de 26 óbitos (47 em todo o Estado até o momento) e milhares de desalojados desabrigados.

Ainda no dia 24, o Prefeito da cidade de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, Alex de Freitas, pediu auxílio ao General de Divisão Altair José POLSIN, Comandante da 4ª Região Militar (4ª RM), para ajudar no atendimento às vítimas da chuva que assola o município desde domingo, dia 19, e foi prontamente atendido.

No mesmo dia (24), as 22:00 hs, foi acionado o Plano de chamada em diversas unidades do Exército na região, e foi montado uma força tarefa no 12º Batalhão de Infantaria Leve de Montanha (12º BIL Mth), coordenada pelo seu comandante, o Tenente-Coronel Alexandre AMORIM de Andrade e composta por um Pelotão de Auxilio, com 31 (trinta e um) militares da 1ª Companhia de Fuzileiros Leves de Montanha (1ª Cia Fuz L Mth), a “INTRÉPIDA”, comandados pelo 2º Tenente Gabriel HENRIQUE Silva Costa, e a estes foram adicionados 2 (dois) militares da 4ª Companhia de Comunicações Leve de Montanha (4ª Cia Com L Mth), que ficaram responsáveis pelos sistemas de comunicação entre o Pelotão e o comando das operações.

Esse pelotão se deslocou no sábado (25), as 06:00 hs, para a região do Morro dos Cabritos, na Cidade de Contagem, auxiliando a Defesa Civil, e ficando responsável pelo recebimento e distribuição dos mantimentos enviados as vítimas.

A 4ª Companhia de Polícia de Exército (4ª Cia PE) também ficou de prontidão para, em caso de necessidade, enviar frações de tropas para auxiliar a missão.

A Operação NOÉ, como foi extraoficialmente chamada, foi apenas uma das que o EB desempenhou em auxilio a população atingida pelas fortes chuvas em toda Região Sudeste, demonstrando mais uma vez seu profissionalismo e pronto emprego para auxiliar os brasileiros em quaisquer situações.

Fotos do 2º Sgt J. Henrique (12º Bil Mth)

 

AS PALAVRAS DO COMANDANTE

“O 12° BIL Mth, tropa orgânica da 4ª Brigada de Infantaria Leve de Montanha (4ª Bda Inf L Mth), passou a Controle Operacional do Comando da 4ª RM para ser empregada na operação de Defesa Civil em Contagem-MG.

 Pela sua prontidão, localização estratégica, constituído de soldados valorosos que prezam muito os valores da nossa instituição, com excelente nível de preparo profissional, levaram o nosso “BRAÇO FORTE” e estenderam a “MÃO AMIGA” para as vítimas das enchentes que atingiu parte do nosso Estado.

 Quer na Defesa da Pátria ou em Operações Subsidiárias, a população brasileira sempre poderá contar com o nosso EXÉRCITO, 24 horas por dia, 7 dias por semana!

O NOSSO GRITO DE GUERRA É MONTANHA!”

 Tenente-Coronel Alexandre AMORIM de Andrade, comandante do 12º BIL Mth

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here