A Brigada Anhanguera já conta com metade de seus Guarani

0
1042

A 11ª Brigada de Infantaria Leve (11ª Bda Inf L), a “Brigada Anhanguera”, já recebeu 65 das cerca das 125 viaturas blindadas de transporte de pessoal média sobre rodas (VBTP-MSR) Guarani previstas até 2023, quando será transformada em um Brigada Mecanizada.

O processo de mecanização teve início em maio de 2021, com a chegada dos primeiros blindados ao 28º Batalhão de Infantaria Leve (28º BIL), o “Batalhão Henrique Dias”, de Campinas (SP), unidade especializada em operações urbanas, tendo sua primeira viatura batizada em homenagem a cidade. “Essa parceria histórica que Campinas tem com o Exército Brasileiro hoje recebe um brinde especial, que é a denominação desse blindado com o nome da nossa cidade de Campinas”, afirmou o Prefeito de Campinas, Dário Saadi, na época.

Retorno às origens

A Brigada Anhanguera foi uma importante organização militar blindada do Exército, tendo como sua subordinada o 1º Batalhão de Carros de Combate Leve (1º BCCL), operando os carros de combate leve M3/M3A1 Stuart, entre os anos de 1947 e 1971, que depois foi transformada no 28º Batalhão de Infantaria Blindado (28º BIB) e equipado com as VBTP M113/M113B até 2005. “Quando a gente entrega para a brigada um retorno à capacidade de proteção blindada que ela tinha no passado, é um retorno às origens”, destaca o comandante Militar do Sudeste (CMSE), general de exército Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva.

Com informações e imagens da Comunicação Social do CMSE

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here