A-29 da Força Aérea Brasileira cai no Mato Grosso do Sul

Um caça Embraer A-29 Super Tucano, pertencente ao 3º Esquadrão do 3º Grupo de Aviação (3º/3º GAV), o “Esquadrão Flecha”, da Força Aérea Brasileira (FAB), colidiu com o solo hoje, dia 13 de setembro, nas proximidades de Campo Grande (MS).

O Comando da Aeronáutica emitiu uma nota, no inicio da tarde, informando que piloto se ejetou após detectar uma falha técnica na aeronave, durante voo de treinamento, e direciona-la para uma região desabitada.

O piloto foi resgatado por um helicóptero H-60 Black Hawk, do 2º Esquadrão do 10º Grupo de Aviação (2º/10º GAV), o “Esquadrão Pelicano”, passa bem e recebe acompanhamento médico. O CENIPA (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) já investiga as causas do acidente.

Com informações do CECOMSAER

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

Os anos pioneiros da era do jato na Aviação de Caça da Força Aérea Brasileira foram marcados pela operação de...

A Comissão do Exército Brasileiro em Washington (CEBW) publicou, na última sexta-feira, dia 19 de abril, um pedido de cotação...

O crescimento da Base Industrial de Defesa e Segurança Pública (BIDS) torna esse setor ainda mais estratégico e relevante para...

Em comemoração a semana do Exército, o Comando Militar do Sudeste (CMSE) está organizando uma série de eventos na Capital Paulista,...

Comentários

2 respostas

  1. Ainda bem que o piloto escapou com vida, a vida humana em primeiro lugar, o bem material (apesar das dificuldades orçamentarias ) pode ser adquirido outro que possa substituir o material destruído.

  2. Ainda bem que o piloto está bem !
    O ministério da Defesa deveria vender os A-29 mais antigos para países vizinhos e aliados ! Igual a França faz com os Rafales ….Desta maneira , a FAB pode manter a Embraer com novas encomendas conseguindo dinheiro para financiar novos aviões suprindo as perdas e comprando novos lotes e quem sabe até versões nova…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL