7º RC Mec recebe seus VBTP-MSR 6×6 Guarani

5
1829

O 7º Regimento de Cavalaria Mecanizado (7º RC Mec), aquartelado em Santana do Livramento (RS) e integrante da 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada (3ª Bda C Mec), recebeu nesse mês suas nove primeiras Viaturas Blindadas para Transporte de Pessoal – Médio Sobre Rodas (VBTP-MSR) 6×6 Guarani, equipadas com os Sistemas de Armas Remotamente Controladas (SARC) REMAX, destinados a equipar seus Grupos de Combate Mecanizados.

Com essa entrega, todos os Regimentos de Cavalaria Mecanizados (RC Mec) da 1ª, 2ª e 3ª Brigadas, pertencentes ao Comando Militar do Sul (CMS), já estão equipados com os VBTP Guarani, faltando apenas o 14º RC Mec, aquartelado em São Miguel do Oeste (SC) e orgânico das 5ª Divisão de Exército, que deve recebe-los nas próximas remessas.

A VBTP-MSR 6×6 Guarani está substituindo as antigas VBTP 6×6 EE-11 Urutu, fabricada pela antiga ENGESA, e é considerado o “Estado da Arte” da cavalaria mecanizada brasileira. Foi desenvolvido em consonância com a Estratégia Nacional de Defesa (END), no desenvolvimento de tecnologias para recuperar a capacidade de operar com eficiência, utilizando nossa Base Industrial de Defesa (BID).

Com informações e imagens da Comunicação Social do 7º RC Mec

5 Comentários

  1. De Guarani e sarc Remax eu topo ir pro RJ correndo risco do GPS me enfiar numa favela tranquilo e leva a família toda com cintos de três pontas ,teto solar, sem preocupar com alagamentos e enchentes e menos ainda com estradas esburacadas .rs

  2. Quando que o EB vai efetuar uma revisão no projeto do Guarani para a criação de um modelo 2 ou 3 ou de exportação ( se contar a diferenças do protótipo com o atual) para atualização de alguns componentes ou incremento como novo método de construção ou modularidade aprimorada, pois desde o inicio da produção muita coisa se atualizou e temos que levar em conta também o absurdo tempo ate a entrega das ultimas unidades seria bom ja ir atualizando o projeto e evitar uma lacuna de Obsolescência futura muito grande de alguns pontos do projeto. Sei que o EB esta de olho nisso porem seria legal se dessem noticiais.

    • Kahllil, entenda uma coisa, o Programa Guarani é do Exército e este projetou um veículo para atender apenas seus requisitos.
      A Iveco, a contratada do EB para sua fabricação, até o momento, não viu vantagens que justificasse um projeto desse porte.

  3. O Kalil, esse veiculo nem acabou de sair do forno vcs já quer mudança ?
    A única mudança seria na fração de um 8×8, e um BA lança mísseis e só.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here