7ª Mostra BID Brasil – DCT/CTEx e AEL demonstram o RDS DEFESA

Nessa edição da Mostra BID Brasil, o Centro Tecnológico do Exército (CTEx) está fazendo uma demonstração ao público dos protótipos veiculares do Projeto Rádio Definido por Software do Ministério da Defesa (RDS DEFESA). A demonstração conta com o apoio da AEL Sistemas, empresa brasileira da Base Industrial de Defesa (BID), principal parceira no desenvolvimento do RDS. Um dos protótipos está instalado numa VBTP-MSR 6X6 Guarani.

Essa unidade foi integrada ao Sistema Gerenciador do Campo de Batalha (GCB) do Exército e ao Sistema Gerenciador de Plataforma (Proteus-SGP), em desenvolvimento pela Diretoria de Fabricação com apoio do Centro de Desenvolvimento de Sistemas.

Uma segunda unidade do Rádio Definido por Software encontra-se em exposição no estande do Exército, fazendo comunicação de voz e dados com o RDS instalado no Guarani. Durante o seu desenvolvimento, os rádios foram submetidos a uma longa e rigorosa bateria de testes seguindo todos os requisitos das normas militares. Esses testes avaliaram sua capacidade para emprego efetivo em plataformas blindadas, tais como, vibração, temperatura e emissões eletromagnéticas.

Os rádios possuem Forma de Onda (Software) para transmissão de voz e dados nas bandas HF e V/UHF, desenvolvidas pelo CTEx em parceria com o CPQD e recurso criptográfico nacional desenvolvido pela empresa KRYPTUS, ambas empresas da BID. Por se tratar de um rádio 100% Nacional e de total domínio da tecnologia, o RDS DEFESA tem capacidade de ser o vetor de interoperabilidade entre as forças, integrando diferentes programas como o Link-BR2, sistema tático de enlace de dados da Força Aérea Brasileira, assim como o STERNA (Sistema Tático de Enlace de dados em Radiofrequência Naval), o SIC2MB (Sistema Integrado de Comando e Controle da Marinha do Brasil) e o SisC2FTer (Sistema de Comando e Controle da Força Terrestre).

Em função do estado de maturidade tecnológica adquirida no projeto RDS DEFESA, já no primeiro semestre de 2023, está previsto a entrega ao CTEx, de mais 16 unidades “cabeça de série” pela AEL Sistemas. Essa próxima etapa será a consolidação do produto Rádio Definido por Software de produção 100% nacional como Produto Estratégico de Defesa (PED) e estabelece um importante marco no desenvolvimento tecnológico da Base Industrial de Defesa brasileira.

Sobre o Projeto RDS DEFESA

O Projeto RDS DEFESA faz parte de um Programa Estratégico do Ministério da Defesa, e é coordenado pelo CTEx, com o objetivo de desenvolver um rádio 100% nacional, obtendo o completo domínio tecnológico da forma de onda (software) e da criptografia, e que cumpra os Requisitos Operacionais Conjuntos (ROC) das três Forças. O RDS DEFESA proporciona diversas aplicações no contexto da Interoperabilidade Técnica de Comando e Controle podendo ser utilizado em programas estratégicos como SISFRON, SisGAAz, Guarani, 8×8, entre outros. 

Entre as diversas vantagens de um RDS incluem-se a independência tecnológica de hardware e o software; a capacidade de interoperabilidade, de portabilidade de Formas de Onda e de agregação de novos serviços, sem necessidade de substituição do hardware; e a possibilidade de acompanhar os avanços tecnológicos no setor de comunicações por rádio.

Apoio FINEP

O Projeto RDS DEFESA conta com apoio financeiro do Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação (MCTI), por intermédio de convênios estabelecidos com a Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP).

Fonte: AEL Sistemas

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

A empresa grega EODH, em parceria com a belga-espanhola DUMA e a alemã KNDS in Deutschland (antiga Krauss-Maffei Wegmann), apresentou um...

No dia 08 de maio de 2024 acontecerá Helipark, em Carapicuíba, na Região Metropolitana de São Paulo (SP), a Conferência de Aviação Policial –...

Os anos pioneiros da era do jato na Aviação de Caça da Força Aérea Brasileira foram marcados pela operação de...

A Comissão do Exército Brasileiro em Washington (CEBW) publicou, na última sexta-feira, dia 19 de abril, um pedido de cotação...

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DISPONÍVEL