Thales Alenia Space e o satélite ARSAT-3 da Argentina

0
2341
Imagem1 ARSAT-3
(Imagem: Divulgação)

A Thales Alenia Space anunciou assinatura de contrato com a ARSAT Empresa Argentina de Soluciones Satelitales S.A. para suprir a carga útil do terceiro satélite geoestacionário de telecomunicações produzido na Argentina, denominado ARSAT-3. O negócio inclui também opção para mais dois conjuntos de carga útil.

A ARSAT, empresa sediada em Buenos Aires, atuando como principal contratada e líder do programa argentino GEO para desenvolvimento de satélites de comunicações, mantém também parceria com a INVAP S.E., organização de alta tecnologia localizada em San Carlo de Bariloche, província de Rio Negro, que se associou à Thales Alenia Space como primeira contratada. Essas empresas já trabalharam juntas nos satélites de comunicações ARSAT-1 e ARSAT-2, ambos operando em órbita.

O ARSAT-3 está programado para entrar em operação em 2019. Seus sistemas terão capacidade de retransmitir dados em alta velocidade, incluindo internet, e transmissões de serviços televisivos para a América do Sul. Pesando três toneladas antes no lançamento, o satélite argentino foi projetado para ter vida útil de 15 anos. A carga útil possuirá 12 transponders dedicados à Banda Ku e 8 para a Banda Ka.

Imagem 2 ARSAT-3
O ARSAT-3 será inserido em órbita por um foguete-lançador Ariane-5 (Imagem: Divulgação)

Jean Loïc Galle, presidente e CEO da Thales Alenia Space, disse que a companhia está entusiasmada com a oportunidade de aprofundar relações estratégicas com a ARSAT e com a INVAP dando continuidade à estreita cooperação industrial iniciada com o ARSAT-1 e com o bem sucedido ARSAT-2.

De acordo com a Thales Alenia Space, o novo contrato confirma também a relevante estratégia da companhia em alavancar parcerias industriais para trabalhar com outras empresas dedicadas às atividades espaciais e adaptar uma vasta gama de conceitos técnicos em plataformas de diferentes design. O contrato firmado com a Argentina reforça a presença histórica da Thales no país sul-americano através do satélite de comunicações Nahuel-1 lançado em 1997.

Ivan Plavetz