Tempestade causa danos de monta na Academia da Força Aérea.

A forte chuva que caiu em Pirassununga (SP) neste domingo (18/02) causou estragos como arrastar aeronaves, tanto monumentos históricos quanto um Cessna Caravan do 6º ETA, queda de árvores, destruição de hangaretes, destelhamento de pavilhões, danos no pavilhão do Correio Aéreo Nacional (CAN) e danos no auditório/espaço das autoridades.

Essa destruição aconteceu na Academia da Força Área (AFA).

Ninguém ficou ferido.

Segundo o Corpo de Bombeiros, não houve registros de incidentes na cidade.

Em nota, o setor de comunicação da AFA informou que foram registrados ventos de aproximadamente 100 km/h e 38 milímetros de chuva, o que provocou danos em algumas edificações e aeronaves.

“A divisão de infraestrutura já iniciou o levantamento dos danos. As atividades de instrução dos cadetes não serão afetadas”, diz o texto do comunicado.

Nas fotos, é possível ver um Cessna Caravan do 6º ETA que foi tombado pelo vento, e caças como um Gloster e um F-5 de exposição, danificados.

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

A Comissão do Exército Brasileiro em Washington (CEBW) publicou, na última sexta-feira, dia 19 de abril, um pedido de cotação...

O crescimento da Base Industrial de Defesa e Segurança Pública (BIDS) torna esse setor ainda mais estratégico e relevante para...

Em comemoração a semana do Exército, o Comando Militar do Sudeste (CMSE) está organizando uma série de eventos na Capital Paulista,...

O Ministério da Defesa (MinDef), por meio da Secretaria de Produtos de Defesa (SeProD), acompanhou, entre os dias 15 a...

Comentários

DISPONÍVEL