Sikorsky Colômbia oferece suporte para Blackhawks

0
2058
(Imagem: Sikorsky)

A empresa norte-anericana Sikorsky, subsidiária da Lockheed Martin, ofereceu o aproveitamento das instalações implantadas na Colômbia para dar suporte de manutenção, reparos de componentes e capacitação de pilotos em simulador para operadores de helicópteros Blackhawk do México. O anúncio foi dado como um primeiro passo para expandir o atendimento a todos os usuários do modelo na América Latina.

A iniciativa permitirá que os operadores de Blackhawk no México aproveitem um simulador de voo de cinco eixos FFS (Full-Flight Simulator), além das oficinas de manutenção e reparos que funcionam em Melgar, departamento de Tolima, onde atuam mais de 40  profissionais fluentes no idioma espanhol.

De acordo com Adan Schierhols, executivo regional da Sikorsky para a América Latina, obter as autorizações apropriadas para poder oferecer suporte e capacitação aos usuários do México é um importante passo para implementação do plano de longo prazo que posicionará a Sikorsky Colômbia como centro de suporte para todos os países latino-americanos que operam Blackhawks.

“Em apenas quatro anos a Sikorsky Colômbia evoluiu de uma oficina administrativa para um modelo de eficiência e efetividade que envolve logística, manutenção, reparações e capacitação em simulador de voo”, ressaltou Schierhols.

Formada em 2012, a Sikorsky Colômbia presta suporte ao Exército, Força Aérea e Policia Nacional da Colômbia, que juntos adquiriram mais de 100 Blackhawks a partir de 1988, constituindo a maior frota latino-americana do modelo.

Além do México, a Sikorsky Colômbia poderá prestar serviços de suporte para os demais usuários de Blackhawk da América Latina. (Imagem: Secretaria de Marina de México)
Além do México, a Sikorsky Colômbia poderá prestar serviços de suporte para os demais usuários de Blackhawk da América Latina. (Imagem: Secretaria de Marina de México)

A expectativa é para que o México, detentora da segunda maior frota de Blackhawks da América Latina, dobre a quantidade do modelo nos próximos cinco anos. Atualmente, 23 deles estão em serviço na Força Aérea, Marinha e Policia Federal do México, servindo ao estado de Jalisco. A Sikorsky também trabalha para obter autorizações para prestar os mesmos serviços para Brasil, Chile e Argentina.

Ivan Plavetz
Fonte: Webinfomil