Serge Dassault, CEO e Presidente do Groupe Dassault, morre aos 93 anos.

0
2604
Serge Dassault, REUTERS/Philippe Wojazer.

Serge Dassault, presidente e CEO da icônica empresa francesa de aviões Dassault Aviation, morreu em Paris no dia 28 de maio após sofrer uma parada cardíaca em seu escritório. Ele tinha 93 anos.

Filho do fundador da empresa, Marcel Dassault, Serge foi durante décadas um dos principais nomes da aviação francesa.

Embora tenha entregue a liderança da Dassault Aviation a Charles Edelstenne, ele continuou a liderar a empresa controladora Groupe Dassault, que também é dona da Dassault Systemes, empresa de software e criadora do CATIA.

Serge Dassault passou quase 35 anos na Dassault Aviation antes de finalmente assumir o comando em 1986, aos 61 anos, após a morte de seu pai.

Ele ingressou no departamento de design da empresa em 1951 como engenheiro recém-formado das escolas francesas Ecole Polytechnique e Sup’Aero. Ele então trabalhou no desenvolvimento do caça Mystere IV N e, em 1954, foi nomeado chefe de testes de vôo.

Na época, a empresa estava focada exclusivamente na aviação militar.

Em 1959, tornou-se o diretor de exportações. Três anos depois, foi para os EUA avaliar o mercado potencial para o jato executivo Mystere 20, mais tarde renomeado para Falcon 20.

Dassault Mirage IIIE / F-103E
Dassault MD 450 Ouragan.
Dassault Mystere
Dassault Super Etandard
Dassault Mirage 2000
Dassault Mirage 2000

Ele retornou a Paris com a convicção de que o programa deveria ser lançado. Seu pai, embora cético, deu sinal verde quando a Pan Am encomendou algumas aeronaves.

Em 1963, Serge Dassault começou a trabalhar na Electronique Marcel Dassault (mais tarde Dassault Electronique), a subsidiária que ele lideraria de 1967 a 1986.

Durante sua carreira, Serge Dassault foi presidente da associação francesa de indústrias aeroespaciais GIFAS, presidente da associação francesa de indústrias de defesa CIDEF, presidente da associação europeia de indústrias aeroespaciais AECMA e comissário de longa data do Paris Air Show.

Ele também foi co-fundador da Fundação Europeia para a Gestão da Qualidade e formou uma organização para promover as regras inovadoras de participação nos lucros em todo o país aplicáveis ​​à força de trabalho total das empresas.

Dassault Super Mystere IVA
Dassault Mirage F.1
Dassault-Dornier Alpha Jet ‘Patrouille de France’

Serge foi agraciado com o Laureate da Aviation Week em aeronáutica / propulsão em 1999.

Esse polêmico francês esteve no centro das atenções durante uma controvérsia internacional no Paris Air Show de 1975.

Como presidente do comitê que controlava o vôo aéreo, ele foi colocado em uma guerra de palavras contra o lendário piloto de testes norte-americano Bob Hoover e outros na delegação norte-americana.

Hoover, conhecido por fazer manobras arrojadas pilotando um bimotor North American Rockwell Shrike Commander 500S afirmou que o nacionalismo francês estava atrás dos limites impostos às demonstrações de seu voo no show.

Dassault Mirage IVA
Mirage IVA + míssil ASMP

Charles Edelstenne sucedeu a Dassault no comando da Dassault Aviation em 2000. Espera-se agora que Edelstenne o suceda como líder do Groupe Dassault, tendo o cargo de “presidente estatutário sucessivo” desde 2014.

A percepção de Serge Dassault como líder do setor de aviação há muito tempo contrasta com sua imagem mais controversa na França. Como senador de direita, ele já se opôs à idéia de seguro-desemprego, um dos princípios básicos do estado de bem-estar social da França.

Ele também era famoso por suas citações contundentes na mídia, já que o Groupe Dassault é o proprietário do Le Figaro, um jornal diário de direita com um grande público.

Em 2017, Serge foi condenado por “lavagem de fraudes fiscais”. Separadamente, ele foi acusado de “compra de votos” – o ato de pagar pessoas para votar em um determinado candidato.

Dassault Mirage IIICZ

Como um jovem judeu prisioneiro, Serge Dassault (cujo nome de família original era Bloch) passou algum tempo em um campo de internação em Drancy durante a Segunda Guerra Mundial.

Seu pai foi enviado para o campo de concentração nazista de Buchenwald, de onde foi libertado por tropas aliadas em meados de 1945.

Dassault Mirage 2000-5F
Dassault Rafale