Saab promove conferência para futuros fornecedores da fábrica de aeroestruturas.

A Saab promoveu, no dia 10 de maio de 2018, uma conferência para fornecedores nas instalações da fábrica de aeroestruturas em São Bernardo do Campo, a Saab Aeronáutica Montagens (SAM), a fim de levantar e mapear os potenciais fornecedores da região.

Marcelo Lima, diretor-geral da SAM, apresentou os planos da fábrica, as etapas de contratação e montagem, além dos segmentos aeroestruturais que serão produzidos por lá como o cone de cauda, os freios aerodinâmicos, o caixão das asas, a fuselagem traseira e a fuselagem dianteira para a versão monoposto (um assento) e a versão biposto (dois assentos).

Os representantes das empresas tiveram a oportunidade de ver de perto a réplica em tamanho real do caça Gripen.

“O evento superou as nossas expectativas. Conhecemos empresas altamente qualificadas que podem atender as nossas necessidades futuras”, comentou Roberto Serra, gerente de suprimentos da SAM.

Mais de 50 empresas de diversos ramos de atividades e uma ampla gama de serviços se reuniram com o time da Saab para que pudessem apresentar seus serviços e ajudar a Saab a estruturar a futura carteira de fornecedores que poderão contribuir com a SAM quando as suas operações darem início.

O grande objetivo desse primeiro contato com as empresas locais foi alcançado e vai ajudar a Saab a encontrar o fornecimento certo para as próximas etapas de desenvolvimento da SAM.

“Nesse processo de recrutamento, pudemos abrir as portas da SAM para a comunidade local. Temos um grande interesse em nos vincularmos à região e dar continuidade às contribuições com o nosso conhecimento profundo em tecnologia na área de defesa” comenta Marcelo Lima.

Os serviços variam desde serviços de informática até serviços mais complexos como implantação fabril. Este empreendimento vai movimentar bastante a economia da região em diferentes aspectos, direta e indiretamente.

A Saab contou também aos presentes detalhes do Programa Gripen Brasileiro. A aquisição dos 36 aviões caças pela Força Aérea Brasileira representa um enorme salto tecnológico para a indústria brasileira, por meio de um extenso programa de transferência de tecnologia, que vai permitir que aviões supersônicos sejam desenvolvidos, produzidos e mantidos também aqui no Brasil.

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

Empresa do Grupo Embraer participa de debate sobre soluções tecnológicas que estão moldando o futuro dos grandes centros urbanos As...

Hoje, dia 16 de maio, às 18:00hs, será lançado o livro “Segurança Escolar – Prevenção multidisciplinar escolar contra-ataques ativos”, de...

Um drone do Exército Brasileiro (EB) localizou, no fim da tarde dessa terça-feira, dia 14, moradores pedindo ajuda no topo...

A Águas Azuis, Sociedade de Propósito Específico (SPE), estabelecida entre a Thyssenkrupp Marine Systems, Embraer Defesa& Segurança e Atech para...

Comentários

DISPONÍVEL