Rheinmetall e Steyr Mannlicher oferecem novo rifle de assalto

0
3600

A alemã Rheinmetall e a austríaca Steyr Mannlicher formaram parceria para produzir e comercializar o rifle da assalto modular RS556. A cooperação austro-germânica adiciona mais um item chave para que a Rheinmetall aumente sua gama de produtos para infantaria.

O RS556 é baseado no renomado STM556, que a Steyr Mannlicher revelou em 2012. A nova arma de calibre 5.56 mm x 45 é caracterizada por sua modularidade e fácil manejo.

Rheinmetall e Steyr Mannlicher estão ofertando o RS556 como um produto manufaturado conjuntamente, sendo que a primeira detém 60% da responsabilidade produtiva. Entre outras coisas, as duas parceiras tem como foco o mercado alemão. O RS556 é um possível candidato para o programa System Sturmgewehr Bundeswehr, que corresponde aos planos das Forças Armadas da Alemanha para substituição dos seus rifles de assalto G36 a partir de 2019.

Dotado de um sistema de pistão de gás de curso curto ajustável e parafuso rotativo, o RS556 operado a gás é baseado no testado Steyr Mannlicher AUG, ou Rifle Universal de Exército, um conceito de design provado durante décadas de serviço em todos os continentes.

Com um cano de 16 polegadas (406 mm) e um carregador contendo 30 projéteis, o RS556 pesa cerca de 4,2 Kg. O dispositivo de ajuste de comprimento trava em sete posições diferentes, o que significa que os operadores podem ajustar O RS556 para corresponder ao seu perfil de equipamento individual de forma óptima.

Em questão de segundos e sem ferramentas, o tambor forjado pode ser trocado facilmente, possibilitando que o RS556 seja rapidamente modificado para várias missões.

Estão disponíveis vários comprimentos de canos padrão (14,5″, 16″, 18 “e 20”), entretanto, de acordo com necessidades especificas do cliente, outros comprimentos podem ser facilmente adaptados.

O RS556 possui vários trilhos acessórios opcionais padrão OTAN com sistemas receptores projetados de acordo com normas MIL-STD-1913, STANAG 2324 e STANAG 4694. Isso significa que a arma pode ser equipada com vários sistemas ópticos e dispositivos de observação noturna ou módulos de raio laser. Um lançador de granadas de 40 mm também pode ser montado no novo rifle de assalto. Além disso, o RS556 é compatível com o Future Soldier – Expanded System (IdZ-ES) modular da Rheinmetall e também pode ser conectado a outros sistemas.

Um sistema de culatra especial com um recurso de operação de emergência garante que a arma sempre funcione de forma confiável, mesmo em condições extremas de operação, como por exemplo, em ambientes extremamente quentes e frios.

 

Ivan Plavetz