Primeiros treinadores M-346 chegam à Polônia

0
1127

O dois primeiros jatos de treinamento avançado Aermacchi M-346, do lote de oito encomendado pela Força Aérea da Polônia, chegaram a Deblin, sede do  4º Esquadrão da Ala de Treinamento, no começo desta semana. Com a matrícula militar 7702 e 7703, as duas aeronaves partiram de Revolto, Itália, tripuladas por pilotos da Força Aérea Italiana.

De acordo com o coronel Wojciech Pikula, comandante do 4º Esquadrão da Ala de Treinamento, o próximo passo corresponderá aos procedimentos de verificação das aeronaves para ativa-las operacionalmente conforme os acordos assinados. “Nesta fase, é difícil dizer quanto tempo este processo vai durar” avaliou o coronel.

Os voos de verificação serão conduzidos por pilotos italianos e poloneses, que examinarão a performance dos aviões e equipamentos, principalmente os aviônicos e a adaptação deles aos requisitos da Polônia.

Sistema de simulação de armamento, a habilidade na execução de operações com instrumentação de voo e o emprego de um novo paraquedas de frenagem também serão validados. Uma vez concluídas as verificações, a equipe conjunta de pilotos iniciará o processo de comissionamento das aeronaves.

O M-346 foi projetado para ser um avançado Lead-In Fighter Trainer (LIFT) (Imagem: Andrzej Rogucki)
O M-346 foi projetado para ser um avançado Lead-In Fighter Trainer (LIFT) (Imagem: Andrzej Rogucki)

No último mês, o primeiro grupo de seis pilotos poloneses foram graduados no curso de instrutor de M-346 na base aérea italiana de Lecce. Eles tomarão parte do processo de verificação e aceitação. Até o final de 2017, um programa de treinamento terá sido desenvolvido e verificado durante a instrução  inicial de dois pilotos. A academia de força aérea começará  treinamento com um primeiro grupo de estudantes no ano seguinte.

 

Ivan Plavetz