Os helicópteros da Helibras nas Olimpíadas

0
2315
(Imagem: Helibras/ Mike Polly)

Os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 vão contar com uma frota de 90 helicópteros da marca Helibras/Airbus Helicopters utilizados em atividades de vigilância, defesa do espaço aéreo, antiterrorismo, segurança pública, resgate aeromédico, comunicação/controle e captação de imagens durante o mês de agosto.

Além de 83 aeronaves militares e de segurança, os sete Esquilos civis operados pela Helisul foram escolhidos para fazer a captação e gravação de imagens dos Jogos Olímpicos. “Estamos preparados para oferecer o suporte necessário a todos esses operadores e temos certeza que o trabalho será de muito sucesso”, comentou Dominique Andreani, vice-presidente de Negócios e Serviços da Helibras.

O Exército Brasileiro vai disponibilizar 28 helicópteros, sendo sete Fennecs, onze Panteras, seis H225M e quatro Cougar. As aeronaves estarão baseadas no Rio de Janeiro, Distrito Federal, Bahia, Minas Gerais e São Paulo.

Para dar suporte às operações, a e,presa destacou uma equipe de apoio que permanecerá no Parque de Material Aeronáutico dos Afonsos (PAMA-AF), base da Força Aérea Brasileira (FAB) que abrigará os helicópteros do Exército durante os jogos, além de profissionais em Itajubá (MG) que estarão de prontidão exclusiva para atender a frota.

Serão três representantes técnicos, um gerente de suporte ao cliente, um profissional de suporte logístico,  representante técnico em São Paulo e um time de back-office em Itajubá e Atibaia. A empresa também organizou um estoque de peças, ferramental e suprimentos especiais para os helicópteros envolvidos na operação.

Os helicópteros operados pela FAB serão responsáveis pelo transporte de tropa em missões de apoio às Forças de Segurança. Nessa atividade, estarão em ação oito helicópteros, sendo quatro H225M, dois AS332 Super Puma VIP e dois EC135. A Marinha do Brasil também terá oito aeronaves envolvidas na operação e vai concentrar quatro Esquilos no Rio de Janeiro e distribuir quatro H225M nas cidades sede dos Jogos.

Entre as aeronaves governamentais, estarão apoiando a organização dos Jogos as frotas do Rio de Janeiro, de São Paulo, Minas Gerais, Distrito Federal, da Bahia e do Amazonas, estados onde serão disputados os jogos de futebol feminino e masculino durante as Olimpíadas.  Essas corporações também contarão com o apoio e suporte da Helibras.

A Polícia Militar do Estado de São Paulo destacará 15 Esquilos e um EC135 para sobrevoo e vigilância da capital paulista e em bases do interior do estado durante todos os jogos realizados.

Minas Gerais vai destacar um H125 e um EC145 do Corpo de Bombeiros e os H125 da sua Polícia Militar durante jogos no Mineirão. O Distrito Federal disponibilizará cinco helicópteros Esquilo pertencentes à Polícia Civil, Polícia Militar, Detran e Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), além de um EC135 do CBMDF para atuação nas partidas do estádio Mané Garrincha.

83 helicópteros militares e de segurança da marca Helibras  atuarão durante as Olimpíadas. (Imagem: Helibras/ Mike Polly)
83 helicópteros militares e de segurança da marca Helibras atuarão durante as Olimpíadas. (Imagem: Helibras/ Mike Polly)

A Polícia Militar da Bahia vai operar dois Esquilos e um EC145 em Salvador, onde acontece uma das partidas de futebol. A Casa Militar da Bahia terá um EC135 e um AS355N também à disposição, contando com o suporte técnico de representantes da Helibras na cidade.

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas terá um H125 em atividade constante para a segurança das partidas na Arena Amazônia.

Na cidade anfitriã dos jogos, a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro vai operar cinco Esquilos e um EC145, enquanto a Polícia Civil vai mobilizar um H125. Dois biturbinas da Secretaria Adjunta de Operações aéreas da cidade, um EC135 e um AS365, também estarão à disposição para transporte de autoridades. As corporações contarão com o apoio e suporte da Helibras de acordo com seus respectivos contratos.

Assim como ocorreu na Copa do Mundo de 2014, os helicópteros Esquilo da Helisul foram os escolhidos para as gravações de imagens aéreas dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. Sete helicópteros deste modelo, que possuem equipamentos específicos acoplados na aeronave e homologados para a atividade, vão registrar os melhores momentos do evento em todos os locais que receberão os Jogos.

Ivan Plavetz