Operação de Busca e Salvamento do ARA San Juan

0
2370
OPERACIONES DE BÚSQUEDA Y RESCATE DEL SUBMARINO ARA “SAN JUAN”.

“Não vamos parar de procurar”.

A Marinha Argentina, sob as ordens do Ministério da Defesa, no âmbito das operações de busca do Submarino ARA “San Juan”, informa que o ministro da Defesa, Oscar Aguad, realizou uma conferência de imprensa a partir do prédio do Comando de Treinamento e Alistamento da Marinha, em Puerto Belgrano.

O oficial foi acompanhado pelo chefe do Estado Maior da Marinha, almirante Marcelo Eduardo Hipólito Srur e pelo porta-voz da Marinha, o capitão Enrique Balbi.

No início da coletiva, o ministro declarou que a sua chegada à Base Naval de Puerto Belgrano tinha como objetivo principal acompanhar os trabalhos de busca do submarino “Hoje, nosso único interesse é encontrar o submarino e trazer uma resposta à família e ao resto da comunidade”, afirmou. Segundo o ministro argentino, nenhum equipamento desceu ao fundo ainda, já que a posição exata do ARA San Juan ainda não foi determinada.

Em resposta a perguntas dos jornalistas sobre o tratamento da informação, o ministro Aguad explicou que os dados fornecidos pelo Ministério da Defesa e pela Marinha são colhidos em tempo real e correspondem a verdade. “Primeiro, as famílias e o presidente são informados pelo chefe de gabinete, e logo a seguir o relatório é divulgado à imprensa através da Marinha”.

Em relação à organização das tarefas, o ministro destacou que o trabalho está sendo feito em todos os lugares ao mesmo tempo, seja de Buenos Aires, Puerto Belgrano ou Mar del Plata. “Somos uma equipe e o almirante Srur tem nosso apoio”.

Encerrando a conferência, o ministro Aguad destacou o nível de complexidade das tarefas que estão sendo realizadas e assegurou que as operações não diminuirão até a obtenção de resultados concretos: “Não há precedentes para um evento tecnológico desta magnitude. Nós fizemos e continuaremos fazendo o impossível. Até encontrar o submarino, não vamos parar de procurar”.