Novos veículos anfíbios de assalto para os Fuzileiros Navais

Imagem 1 AAV7A1-CFN......
(Imagem: Marinha do Brasil)

A BAE Systems assinou contrato de US$ 82 milhões para modernizar 23 veículos anfíbios de assalto AAV7A1 para o Corpo de Fuzileiros Navais do Brasil. Os veículos, que terão a confiabilidade, disponibilidade e características de manutenção do padrão RAM/RS (Reliability, Availability and Maintainability/Rebuild to Standard), vão melhorar significativamente as capacidades atuais dos fuzileiros navais.

“Estes novos veículos terão grandes melhorias de capacidade, já que possuem mais velocidade e confiabilidade do que a configuração atual”, disse Deepak Bazaz, diretor de Veículos Novos e Anfíbios da BAE Systems. “Temos um forte histórico de apoio aos militares brasileiros e continuaremos estreitando os laços de trabalho ao longo deste programa”.

Sob os termos do contrato, a BAE Systems disponibilizará os modelos AAV7A1 RAM/RS, assim como todas as ferramentas e equipamentos de teste para apoiar a manutenção das viaturas. A empresa também irá prover uma capacidade de sustentação inicial para o Corpo de Fuzileiros Navais do Brasil para incluir peças de reposição e suporte de serviço de campo, bem como o treinamento para os condutores.

O padrão AAV7A1 RAM/RS possui motor e tração mais potentes, assim como um sistema de suspensão atualizada, permitindo que os veículos atendam ou excedam os requisitos originais de desempenho do AAV7A1. A variação RAM/RS também oferece capacidades melhoradas de mobilidade e de reparação no transporte de tropas e cargas de navios.

Os procedimentos do contrato acontecerão nas instalações da BAE Systems localizada na Pensilvânia, Estados Unidos. A produção está prevista para começar em junho próximo, com as entregas de veículos a partir de fevereiro de 2017. A entrega final para o Brasil está prevista para ocorrer até o fim de 2017, quando começará o treinamento e o apoio.

“A BAE Systems tem atuado junto aos militares brasileiros há mais de 15 anos e também está trabalhando em outros programas de aprimoramento de veículos aqui, como a conversão dos modelos M113B em M113A2 Mk1 para o Exército Brasileiro”, disse Marco Caffe, gerente geral da empresa no País. “No primeiro semestre deste ano, concluímos a atualização do 150º M113”.

Ivan Plavetz

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) planeja testar uma das mais avançadas tecnologias de imageamento por satélite. Isso será...

A IACIT fortaleceu sua posição no mercado ao estabelecer uma colaboração estratégica com a Omnisys Engenharia, subsidiária da Thales, e a Meteomatics,...

A MBDA assinou uma emenda contratual com a Organização para Cooperação Conjunta em Armamento (OCCAR) para aumentar as capacidades técnicas...

A equipe de Tecnologia & Defesa esteve a bordo do super navio-aeródromo USS George Washington (CVN 73), um navio de...

Comentários

DISPONÍVEL