Navios russos terão acesso facilitado aos portos da Nicarágua

0
2066
Foto 1 AcordoRuss-Nicr.
(Imagem: Marinha da Rússia)

De acordo com o portal de noticias russo Sputnik, o ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, e representantes do governo da Nicarágua assinaram um acordo intergovernamental com vistas a simplificar procedimentos relativos ao acesso de navios militares russos nos portos do país centro-americano.

Shoigu, que esteve cumprindo um tour de três dias na América Latina incluindo Cuba, disse, durante entrevista para a imprensa local, que outros acordos foram assinados com o propósito de expandir a cooperação técnico-militar bilateral com a Nicarágua. Shoigu não forneceu maiores detalhes.

Vladimir Kuvshinov, secretário geral da Organização Internacional de Defesa Civil (ICDO) anunciou que a Rússia está planejando prover sistemas de alta tecnologia para construção de um canal dentro da Nicarágua que ligará o Oceano Pacífico ao Atlântico. A construção do leito deverá levar cinco anos e quando entrar em atividade, irá absorver parte do tráfego de navios que atravessam o Canal do Panamá.

Com esses e outros acordos firmados com países da América Latina, a Rússia está aumentando gradualmente seus laços de cooperação no continente, particularmente na esfera de Defesa, incluindo vendas de armas, prestação de serviços de manutenção naval e suprimentos correlacionados. Vale lembrar que a Rússia usa bases aéreas do continente para apoiar seus bombardeiros estratégicos que desempenham missões de reconhecimento de longo alcance, como é o caso da Venezuela.

No âmbito da reaproximação entre Rússia e Nicarágua, recentemente, notícias veiculadas pela imprensa da Colômbia sugeriram que o governo de Managua teria acertado com o governo de Moscou o recebimento de aviões de combate Mig-29. Apesar de terem negado essa afirmação, o clima é de expectativa pois ao mesmo tempo algumas autoridades militares nicaraguenses que comentaram o assunto não descartaram essa possibilidade.

Ivan Plavetz