Marinha do Peru lança ao mar o BAP Carrasco

0
2735
(Imagem: Marinha de Guerra do Peru)

No dia 07 de maio, no estaleiro Construcciones Navales P. Freire S.A., localizado na cidade de Vigo, Espanha, aconteceu a cerimônia de batismo e lançamento ao mar do navio oceanográfico com capacidade polar BAP Carrasco (BOP-171),moderno meio naval que será empregado pela Marinha de Guerra do Peru em tarefas de pesquisa científicas em mares e oceanos.

A cerimônia contou com a presença do presidente peruano, Ollanta Humala Tasso, do ministro da Defesa do Peru, Jakke Valakivi Álvarez, e do comandante geral da Marinha, almirante Edmundo Deville del Campo.

Em pronunciamento, o presidente peruano destacou a aquisição do novo navio afirmando que ele irá melhorar as capacidades de investigação e que vai diversificar a atividade marítima desenvolvida no país. Ollanta avaliou que o BAP Carrasco colocará o Peru na vanguarda em termos de pesquisa oceânica, permitindo o compartilhamento de conhecimento e experiências com outros países que tenham bases na Antártida.

Conforme a Marinha de Guerra do Peru, o navio será uma ferramenta adequada para a  realização de pesquisas em oceanografia física, química, biológica e geológica, bem como levantamentos hidrográficos e meteorológicos, além de operações de logística e suporte da Estação Cientifica Machu Picchu na Antártida. Ao mesmo tempo, o BAP Carrasco poderá desempenhar missões de resgate, apoio a operações humanitárias, além de transportar materiais de contingência por ocasião de eventuais derrames de petróleo no mar.

Entre os equipamentos dedicados à pesquisa, o BAP Carrasco possui sistema para coleta de amostras de água e do fundo marinho, um veículo de operação remota com capacidade de alcançar profundidades de até 1.000 metros, dois veículos submergíveis autônomos, sensores para realizar medições de temperatura, condutividade e correntes marinhas.

O novo navio será manejado por 24 tripulantes e poderá acomodar 28 cientistas. (Imagem: Divulgação)

Cabe destacar que a aquisição do BAP Carrasco foi concretizada no âmbito do projeto de investimento público; “Melhoramento dos Serviços de Investigação Oceanográfica da Marinha de Guerra do Peru no Domínio Marítimo e da Antártida”.

O contrato para sua construção, cujo valor anunciado é de US$ 90 milhões, foi assinado em dezembro de 2014. O navio possui comprimento de 95 metros e pesa em torno de seis mil toneladas. A embarcação possui deck para operação de helicópteros.

Ivan Plavetz