Marinha do Brasil: Batismo dos Veleiros Oceânicos Cherne e Sargaço

0
2152
Imagem 1 e 2 Batismo Cherne e Sargaço
Veleiros Oceânicos (VO) Cherne e Sargaço. (Imagem: Marinha do Brasil)

No último dia 24 de fevereiro, seguindo a tradição conhecida como “bota-fora”, ocorreu o batismo dos Veleiros Oceânicos (VO) Cherne e Sargaço. O evento foi organizado pelos Aspirantes do Grêmio de Vela da Escola Naval (GVEN).

Reza a tradição naval que, finalizada sua construção, a embarcação é lançada ao mar em uma cerimônia considerada como o primeiro contato do barco com a água. Nesta ocasião, é batizado por uma madrinha e recebe um nome oficial, sendo esse costume marcado com um arremesso, em seu costado, de um gole de champanhe, representando sorte e vida ao barco.

Por ocasião da cerimônia, a senhora Cristina Campos, esposa do comandante da Escola Naval, e a senhora Karla Rocha, esposa do Imediato da Escola Naval, foram convidadas a serem as madrinhas dos VO Cherne e Sargaço, respectivamente.

“Ser madrinha de uma embarcação é mais do que ser sua fiel protetora, é dar espírito e alma ao Veleiro” afirmou o Aspirante Mathias, Comandante do VO Cherne.