Novos helicópteros Dauphin para o Japão

0
1650
Foto 1 e 2 Dauphin-Japão.
(Imagem: Airbus Helicopters)

Acompanhando a entrega de três helicópteros da família Dauphin ao longo do mês para organizações policiais e de combate a incêndios do Japão, novos contratos de aquisição correspondentes a duas aeronaves do mesmo modelo acabam de ser assinados com a Airbus Helicopters.

Um deles foi firmado com a Agência Nacional de Polícia do Japão, envolvendo o fornecimento de um helicóptero H155 (antes designado EC155) para a polícia de Kagawa. O segundo correspondente a uma unidade do modelo AS365 N3+, foi para a polícia de Furuoka. As entregas estão marcadas para 2017, sendo que substituirão helicópteros antigos em serviço nas corporações.

Com relação às entregas que estão ocorrendo ao longo deste mês, a Airbus Helicopters informou que a polícia de Hyogo está recebendo um H155, a polícia de Hiroshima um AS365 N3+ e o Departamento de Combate a Incêndio de Nagoya incorporando outro do mesmo modelo.

Stephane Ginoux, diretor geral da Airbus Helicopters no Japão, avalia que devido a longa e bem-sucedida carreira da família Dauphin, esses helicópteros continuam sendo escolhidos para cumprir missões de elevada demanda pública no Japão e em outras partes do mundo. Ginoux destacou que o sucesso da família Dauphin no país asiático deve-se principalmente ao eficiente e imediato suporte operacional disponibilizado pela Airbus Helicópters para os clientes.

Segundo a fabricante, um total de 56 helicópteros Dauphin operam no Japão, incluindo três H155 e seis AS365 empregados por organizações policiais, além de 24 AS365 voando em missões de combate a incêndios e de resgate em casos de desastres naturais.

Os helicópteros da família Dauphin incorporam avançadas tecnologias que proporcionam alta performance de voo, baixa emissão de ruído e mínimo nível de vibração. Uma das características particulares dessas aeronaves corresponde à adoção de rotor de cauda tipo Fenestron® (carenado) e espaçosa cabine para até 13 passageiros além de dois pilotos.

Ivan Plavetz