Jungmann reitera “Venda da Embraer não está em negociação.”

0
1701

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, disse nesta quinta-feira (25) que a transferência do controle da Embraer para a Boeing não está na mesa de negociações.

A afirmação foi tema de uma reunião com representantes da empresa sueca Saab, que é parceira no desenvolvimento do caça nacional Gripen NG com a Embraer.

Durante o encontro com o presidente da Saab, Hakan Buskhe, o ministro Jungmann destacou que também está descartada a cisão da Embraer Defesa ou da Embraer Comercial ou alienação de uma delas. “Nós temos a preocupação e compromisso contratual de manter o controle e o sigilo na transferência de tecnologia desenvolvida pela Saab e conjuntamente (com a Embraer).

esta imagem não possui descrição

Jungmann solicitou que representantes da Força Aérea, dos Ministérios da Defesa e da Fazenda, mantivessem os executivos da Saab informados de qualquer avanço nas negociações entre a Embraer e a Boeing. “Acontecendo qualquer avanço nas tratativas entre Embraer e Boeing e se alguma decisão vier a ser tomada, a Saab será informada previamente. Se isso vier a acontecer, a parceria Embraer-Boeing, evidentemente que temos de construir salvaguardas que passarão pelo crivo da Saab, destacou o ministro.

Ainda participaram da reunião o embaixador da Suécia no Brasil, Per-Arne Hjelmborn, o comandante da Aeronáutica, brigadeiro Nivaldo Luiz Rossato, o secretário de Produtos de Defesa do MD, Flávio Basilio, o diretor de Economia e Finanças da Aeronáutica, brigadeiro Heraldo Luiz Rodrigues, o secretário de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda, Mansueto Almeida, além de executivos da empresa Saab.

Por Alexandre Gonzaga / Foto: Tereza Sobreira