Gabinete do comandante da Aeronáutica tem novo chefe

O major-brigadeiro do ar Marcelo Kanitz Damasceno assumiu na última sexta-feira (08) a chefia do Gabinete do Comando da Aeronáutica (GABAER). O oficial-general sucede o tenente-brigadeiro do ar José Magno Resende de Araujo, que esteve no cargo por quatro anos e assume o cargo de chefe da Secretária de Economia e Finanças da Aeronáutica (SEFA).

A cerimônia, presidida pelo comandante da Aeronáutica, tenente-brigadeiro do ar Nivaldo Luiz Rossato, ocorreu em Brasília (DF) e contou com a presença de oficiais-generais do alto comando da Aeronáutica, da Marinha e do Exército.

“A lealdade, a responsabilidade e a transparência são requisitos essenciais para que as decisões obtenham êxito nos seus propósitos”, destacou o tenente-brigadeiro Rossato sobre as características da unidade, cuja missão síntese engloba a assessoria e o gerenciamento dos trabalhos designados pelo Comandante da Aeronáutica.

Entre as atribuições do GABAER, estão; assessorar diretamente o comandante, criar laços e contatos com outros órgãos da Força Aérea, órgãos públicos e demais poderes da República. Neste ano, em que a FAB completou 75 anos e planeja uma reestruturação administrativa para chegar ao centenário como uma instituição moderna, o papel do Gabinete assume também novos contornos. “O Gabinete pode cooperar no trabalho de bastidores, reduzindo a carga administrativa do Comandante, fazendo com que a agenda dele tenha mais espaço. O objetivo é que ele possa, também, ter mais tempo para acompanhar essas modernizações no momento em que a FAB cruza os três quartos de século”, explicou o major-brigadeiro Damasceno.

Currículo do novo chefe do GABAER

Imagem 2 GABAER-NovoChefe
Major-brigadeiro Marcelo Kanitz Damasceno cumprimenta seu antecessor tenente-brigadeiro José Magno Resende de Araujo.(Imagem: Agência Força Aérea)

O major-brigadeiro do ar Marcelo Kanitz Damasceno, 56 anos, é natural de Canoas (RS) e iniciou a carreira na Força Aérea Brasileira (FAB) na Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR) em 1976.

Ao longo da carreira acumulou mais de seis mil horas de voo em aeronaves das aviações de patrulha, helicóptero e transporte. Nos últimos dois anos, comandou o Quarto Comando Aéreo Regional (IV COMAR), sediado em São Paulo (SP). Entre os cargos mais recentes, chefiou o Centro de Comunicação Social da Aeronáutica (CECOMSAER), foi adido de Defesa e de Aeronáutica junto à Embaixada do Brasil em Bruxelas, na Bélgica, e em Paris, bem como comandou a Base Aérea de Brasília (BABR) e o Grupo de Transporte Especial (GTE). O oficial-general possui 21 condecorações nacionais e uma internacional.

Ivan Plavetz

Artigos Relacionados

Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO-PORTARIA Nº 162-EME, DE 12 DE JUNHO DE 2019 Documento...

Pela primeira vez no Brasil, foi realizado o reabastecimento em voo (REVO) por helicóptero, foi a chamada Operação MANGA. Na...

O Grupo EDGE, estatal de tecnologia os Emirados Árabes, anunciou que formalizou uma “joint venture” (JV) com a empresa espanhola...

O Exército Brasileiro (EB), por meio da Chefia de Material do Comando Logístico (CMat/CoLog), publicou hoje, dia 04 de março,...

Durante a HAI Heli Expo 2024, que aconteceu no final de fevereiro, nos Estados Unidos, a Safran Electronics & Defense...

Um valor em torno de U$ 400 milhões, resultante de acordo entre o grupo britânico e o Exército da Dinamarca...

Comentários

Disponível

DISPONÍVEL